Equipe Maranhense de Rally encerra participação no 34º Piocerá

Roteiro desafiante, adversidades com os carros e trabalho em equipe. Após percorrer 1.000 mil quilômetros, encarando inúmeros desafios durante quatro dias de prova de Teresina (PI) a Aquiraz (CE), a Equipe Maranhense de Rally fechou a participação no 34º Piocerá faltando pouco para subir ao pódio. Das três duplas de maranhenses que competiram na modalidade carros, piloto Diego Fracassi e navegador Vinicius Albuquerque (carro #732/ categoria Turismo) tiveram a melhor colocação. Eles fecharam o último dia de prova em 2ºlugar, ficando em 6º na colocação geral. O rally dá pódio até o 5º lugar.

A outra dupla estreante no Rally, piloto Sandro Ewerton e navegador Gabriel Azevedo (carro #735/categoria Turismo,) superaram os problemas mecânicos no carro e conseguiram finalizar a competição. Sem quebras na moto, o piloto Márcio Sousa categoria Over 40(moto #35) também fechou prova, concluindo a a sua quarta participação no Piocerá. Já o piloto João Afro e navegador Leonardo Menarim (carro #714/ categoria Graduados) tiveram seguidos problemas mecânicos e sem condições de arrumar em tempo hábil, a dupla precisou deixar a prova no penúltimo dia de rally.

“É gratificante cruzar a rampa de chegada, representando o nosso Estado, e ficar a dois pontos de subir ao pódio em nossa 1º participação em uma prova oficial de rally. Também feliz em ver que todos da nossa equipe chegaram bem. Parabéns, galera. Agradeço ao meu navegador Vinicius Albuquerque, que fez uma excelente prova, e também ao João Afro pelo convite de estrear no Piocerá. Feito que também só foi possível devido aos nossos apoiadores, Governo do Estado, Centro Elétrico, Off Road, Speed Comunicação, apoio das nossas famílias e amigos. Estamos prontos para encarar outros desafios”, afirma Diego Fracassi. Ele competiu a bordo de uma caminhonete Triton Savana. 

A Equipe Maranhense de Rally foi organizada pelo experiente piloto João Afro que coleciona pódios no Rally dos Sertões, o maior da América Latina. Ele agora pretende dar continuidade ao projeto incentivado pela Lei Estadual de Esporte.

“Levamos duas duplas para estrear no rally. E todos se saíram muito bem. Foi superação atrás de superação. Prevaleceu o espírito de equipe e a prova de que precisamos investir na nova geração off-road maranhense. Vamos analisar o calendário de competições para dar sequência ao projeto”, analisa João Afro.

O Piocerá é válido pelo Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade (CBM) e pelo Campeonato Brasileiro de Rally de Regularidade (CBA). A Equipe Maranhense de Rally tem o patrocínio do Governo do Estado do Maranhão e do Centro Elétrico por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, além dos apoios da Off Road SLZ e da Speed Wrap Garagem.