Maranhão Esportes|Esporte Maranhense

SÉRIE C: Em São Luís, Sampaio encara o Cuiabá-MT

Ao final da 4ª rodada, que termina segunda-feira, o Sampaio Corrêa quer não ver ninguém na sua frente. O time do Maranhão pode liderar seu grupo, o A, da Série C do Campeonato Brasileiro, caso vença o Cuiabá neste sábado, em casa, no Castelão, e os seus concorrente no momento pela ponta, CSA e Fortaleza, não vençam seus adversários.

Na atual situação, o Bolívia Querida tem os mesmos seis pontos de Fortaleza, 2º colocado, e CSA, líder, mas ocupa a 3ª posição por ter saldo inferior em relação aos dois times. O Cuiabá, por sua vez, faz campanha pífia até o momento, visto que é o lanterna do grupo e ainda não sabe o que é vencer nesta Série C. Apenas empatou duas partidas.

À espera de Roniery

Apesar de fazer mistério e levantar a possibilidade, em entrevista coletiva, de mandar a campo um time ofensivo, o técnico Francisco Diá deve mudar o Sampaio Corrêa em apenas uma posição: a lateral direita, que deve contar com a volta de Roniery, fora da última partida na Série C por conta de uma virose.

O treinador chegou a levantar a possibilidade de um time mais ofensivo com as entradas de Felipe Marques ou Reginaldo Júnior na vaga do volante Valderrama, mas durante a maioria dos treinamentos tem escalado a mesma base que vem jogando com apenas o retorno de Roniery.

Assim, se não houver alguma mudança inesperada de última hora, o Sampaio Corrêa, que faz o último treino nesta sexta-feira antes da partida com o Cuiabá, marcada para sábado, às 16h no Castelão, irá a campo com: Alex Alves; Roniery, Maracás, Fredson e Esquerdinha; César Sampaio, Diego Silva, Valderrama e Marlon; Hiltinho e Isaac.

Lanterna não é sinônimo de grandes mudanças

Mesmo ainda sem ter vencido no Campeonato Brasileiro da Série C, o Cuiabá mostrou melhora no empate por 1 a 1 contra o Remo, fora de casa. Por isso, o técnico Roberto Fonseca não deve promover mudanças no time titular. O treinador elogiou a postura dos jogadores, mas também cobrou um resultado positivo diante do Sampaio Corrêa, no estádio Castelão, em São Luís, neste sábado, às 15h.

“Houve melhora, os jogadores estão crescendo a cada partida, mas está na hora de a gente vencer também. Essa competição é muito rápida e não podemos deixar os pontos escaparem, mesmo fora de casa”, explicou o comandante.

No treinamento da quinta-feira, o meia Bruno Sávio deu um susto na comissão técnica com uma leve torção no tornozelo, mas após avaliação do corpo médico, foi liberado para o jogo deste sábado.

Como o time embarcou nesta quinta feira para São Luís, a tendência é de que mais nenhum treinamento seja realizado.

 

Fonte: Futebol Interior