Paulinho Kobayashi elogia o Vitória, mas ressalta confiança no Imperatriz

Na semana passada a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteou os confrontos da Copa do Brasil de 2020 e o Imperatriz terá como adversário o Vitória da Bahia, pela segunda vez. O time baiano já foi adversário do Imperatriz pela competição, fato ocorrido em 2006, e o Cavalo de Aço foi eliminado ainda na primeira fase.

Com fórmula de disputa diferente de 2006, o Imperatriz vai enfrentar o Vitória em jogo único no Frei Epifânio, com a obrigação de vencer para seguir na competição. Isso porque o Rubro-Negro baiano ocupa melhor posição no ranking da CBF e fica com a vaga em caso de empate.

O técnico Paulinho Kobayashi fez uma análise do primeiro adversário do Cavalo de Aço, na Copa do Brasil. O comandante colorado acredita que o jogo diante do Vitória será difícil, mas ressaltou a vantagem do Cavalo de Aço de decidir a classificação em casa. “É um adversário difícil e que tem tradição, principalmente quando se trata da região Nordeste. Vejo que é um adversário de qualidade, mas não vejo tanta dificuldade para a nossa equipe. O Imperatriz tem jogado com clubes grandes e bons. Vamos encarar de igual por igual e tentar passar de fase dentro de casa”, afirmou Kobayashi.

Em 2020  o Imperatriz terá calendário cheio, pois vai disputar quatro competições, iniciando pela Copa do Nordeste, na qual é o único representante do Maranhão, Campeonato Maranhense, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro Série C. A temporada de uma grande maratona vai começar para o time colorado tocantino dia 21 de janeiro, às 20h, no Frei Epifânio da Badia, contra o CRB, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

Fonte: O PROGRESSO