Noticia em DestaquePlantão de Noticias

Moto Club x Sampaio Corrêa – Série C vai esquentar ainda mais a rivalidade

A Série C do Campeonato Brasileiro já começa neste sábado esquentando uma das maiores rivalidade do nordeste do país. A partir das 16 horas, a bola rola em São Luís (MA) para Moto Club e Sampaio Corrêa, dentro do estádio Castelão. O antagonismo entre os clubes cresceu nas últimas semanas após um entrave na Justiça por uma vaga na final do segundo turno do Campeonato Maranhense. O Super Clássico, como é conhecido, não era disputado a nível nacional há 13 anos.

O Sampaio Corrêa vem de uma campanha decepcionante na Série B da última temporada, em que foi rebaixado com rodadas de antecedência, enquanto o Moto Club chegou na semifinal da Série D e conquistou o acesso numa disputa emocionante com o Atlético-AC. Caiu apenas para o Volta Redonda. Mas esse não é o detalhe que mais chama a atenção no embate entre os rivais.

No dia 20 de abril Sampaio Corrêa e Moto Club se enfrentaram pela semifinal do segundo turno do Campeonato Maranhense. Em jogo único, eles deveriam se enfrentar com a vantagem de jogar pelo empate ao time que tivesse melhor campanha na fase de grupos. O rubro-negro terminou na liderança do Grupo B, com seis pontos, enquanto o tricolor foi vice-líder do Grupo A, com oito. Aí começou a discussão, pois um tinha a primeira posição e o outro somava mais pontos.

Num primeiro momento a FMF deu o parecer favorável ao Sampaio, que jogou no Castelão, empatou por 2 a 2 e foi para a final com o Cordino. O Moto, descontente, entrou com recurso no TJD-MA e a competição foi paralisada. Com medo de apertar o calendário, a entidade preferiu manter o estadual em curso, mas só complicou ainda mais. Um dia antes da final do segundo turno voltou atrás e colocou o rubro-negro na final. Por enquanto a competição segue paralisada.

VAI MUDAR?

Leston Júnior treinou nesta sexta-feira com o grupo e já pode ver a movimentação dos volantes Max Carrasco e Diogo Oliveira, recém-chegados ao Moto Club. Além deles, Válber e Felipe Dias voltam ao time titular depois de se recuperarem de problemas musculares no Departamento Médico. Ainda assim, Junior Juazeiro deve ser mantido no time titular, com Vinícius Paquetá perdendo a posição.

Dos contratados para a competição, o Moto só não poderá contar com o lateral-direito Bebeto, que nem deve ser relacionado para partida. Os demais reforços já foram regularizados pelo Boletim Informativo Diário (BID) e estão a disposição. Além disso, o Moto Club tem mais um reforço para o setor defensivo para a temporada. O zagueiro Carlos Henrique, mais conhecido como Lula, desembarcou na tarde desta sexta-feira em São Luís.

SÓ FALTA VOCÊ

Em tarde de mais um coletivo, o técnico Francisco Diá optou por trabalhar de portões fechados, no intuito de treinar algumas jogadas ensaiadas e testar opções na equipe, especialmente no setor de meio campo. A dúvida do treinador reside na possibilidade de poder contar com o meia Fernando Sobral. Como o jogador pertence ao Horizonte e estava emprestado ao Fluminense de Feira, o Tricolor aguarda a devolução do atleta do time baiano para seu clube de origem, que, então, o emprestaria ao Sampaio.

A burocracia tem atrasado a regularização do atleta, e, consequentemente, a definição do time titular por parte do técnico Francisco Diá, que já estuda o plano B, caso não possa contar com Sobral. As opções foram testadas, mas o treinador vai aguardar o desenrolar da situação para finalizar a montagem dos onze que começarão a partida.

 

Fonte: Futebol Interior