Lei de Incentivo viabiliza Futebol Inclusivo em Bacabal

Um dos benefícios da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte é o de justamente fomentar a prática esportiva nas mais diferentes regiões do Maranhão. Nesta semana, a cidade de Bacabal foi agraciada com a realização do Projeto Futebol Inclusivo. Em sua segunda edição, a iniciativa, que é patrocinada pelo governo do Estado e pela Potiguar e conta com o apoio da Prefeitura de Bacabal, promoveu a realização de minicampeonatos de futebol nas categorias Sub-10, Sub-12 e Sub-14. A importância do projeto vai muito além do caráter competitivo, pois seu principal objetivo é estimular a prática do esporte para crianças. 

Por meio dos minicampeonatos, as crianças se divertem, conhecem pessoas, compartilham novas experiências e ficam mais envolvidas com o esporte de um modo geral. Nesta edição, o Projeto Futebol Inclusivo beneficiou mais de 250 crianças, distribuídas em 12 escolinhas de futebol de Bacabal. Cada escolinha recebeu kits com uniformes completos (camisas, calções, meiões), coletes de treinamento e bolas oficiais. 

As disputas do Futebol Inclusivo tiveram início na quarta-feira (17) e prosseguiram até quinta-feira (18), no Estádio Merecão. Em cada uma das categorias (Sub-10, Sub-12 e Sub-14) participaram quatro equipes, que disputaram as semifinais, finais e os duelos de 3º lugar. A classificação final serviu para definir a quantidade de bolas oficiais que cada escolinha iria receber: os times campeões receberam 20 bolas; os vices, 15; os terceiros colocados levaram 10; e os quartos colocados receberam 5 bolas. 

“Pela segunda vez, o Futebol Inclusivo foi um grande sucesso na cidade de Bacabal. Conseguimos incentivar a prática do esporte entre crianças carentes. Todas as escolinhas participantes receberam uniformes, coletes e bolas oficiais, que serão de grande importância para suas atividades diárias. Só temos a agradecer ao governo do Estado e à Potiguar por terem acreditado e incentivado esta iniciativa”, afirmou Waldemir Rosa, coordenador-geral do projeto. 

Disputas em campo 

E a garotada da cidade de Bacabal deu show dentro de campo com muita habilidade e disposição. Nas disputas da categoria Sub-10, a garotada da UDC foi a campeã ao derrotar o Bom de Bola por 2 a 0 na final. Antes, nas semifinais, a UDC havia vencido o Internacional por 4 a 0 nas semifinais. Na disputa pelo terceiro lugar, o Internacional venceu o Barcelona por 1 a 0. 

Já no Sub-12, o título do Futebol Inclusivo ficou com os meninos do JC Lideral que, na decisão, enfrentaram o Corinthians. E, após empate por 2 a 2 no tempo normal, o JC Lideral venceu por 3 a 2 nos pênaltis. No duelo pela terceira colocação, o Bandeirantes levou a melhor sobre o Xaviara: 2 a 0. 

E, nas disputas do Sub-14, o União Bet derrotou o Real Madrid por 1 a 0 para soltar o grito de campeão. Enquanto isso, o Verona fez 2 a 0 sobre a Portuguesa e conquistou a terceira colocação na categoria.   

Todos os detalhes do Futebol Inclusivo estão disponíveis no Instagram oficial do evento (@futebolinclusivobacabal). O projeto conta com os patrocínios com os patrocínios do governo do Estado do Maranhão e da Potiguar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, além do apoio da Prefeitura de Bacabal. 

Classificação final do Futebol Inclusivo 2024

Sub-10

1.‎ UDC

2.‎ Bom‎ de‎ Bola

3.‎ Internacional

4.‎ Barcelona‎ 

Sub-12

1.‎ JC‎ Lideral

2.‎ Corinthians

3.‎ Bandeirantes

4.‎ Xaviara 

Sub-14

1.‎ União‎ Bet‎

2.‎ Real‎ Madrid

3.‎ Verona

4.‎ Portuguesa‎