Jovens do Anil participam de atividades do primeiro dia do projeto Juventude, Esporte em Ação

Mais de 100 jovens do bairro Anil e adjacências participaram das atividades do primeiro dia da edição do projeto ‘Juventude, esporte em Ação’, que acontece até o próximo dia 30, com atividades nas escolas CINTRA e Sá Vale, nos períodos da manhã e tarde. O projeto é desenvolvido pelo Instituto Formação em parceria com o Governo do Estado, através das secretarias de Estado Extraordinária da Juventude (SEEJUV), de Esporte e Lazer (SEDEL) e com patrocínio dos Supermercados Mateus através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

A iniciativa tem como objetivo melhorar a realidade socioeconômica de jovens moradores de oito comunidades da capital maranhense, através da democratização de políticas e ações de esporte, lazer e cultura. Através do projeto, os moradores dessas comunidades poderão participar de uma série de oficinas gratuitas que serão oferecidas nas comunidades, como: dança, teatro, música, vídeo, animação, robótica, basquete, badmington, rugby, slackline, handebol, elaboração de projetos e futebol três.A culminância dessas atividades será realizada em Festivais de Juventude, Esporte e Lazer, organizados ao fim de cada etapa, nos bairros abrangidos pelo projeto.

No primeiro dia, as crianças, adolescentes e jovens do Anil tiveram acesso a atividade esportiva de futebol 3 (futrua) na quadra móvel do NUCEL (Núcleo de esporte e Lazer), que foi entregue a comunidade pelo projeto. Já na parte da tarde, aconteceram as oficinas de slackline e de animação/fotografia.

Abertura

A abertura do projeto, que aconteceu às 9h30, no auditório do Centro Integrado Rio Anil (CINTRA), contou com a participação da dos secretários de Estado da Juventude, Tatiana Pereira e do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, de diretores da ONG Formação, além de professores, diretores e alunos do colégio Cintra. Após uma fala inicial de representantes dos órgãos presentes, a diretora da ONG Formação, Roberta Abreu, e a secretária da Juventude, Tatiana Pereira, apresentaram o projeto aos estudantes e demais presentes.

A secretária Tatiana Pereira explicou que, além do conhecimento que as oficinas vão oportunizar aos jovens dos bairros, o projeto Juventude, Esporte em Ação vai deixar algo concreto como legado da ação em cada comunidade.

“Além das oficinas que acontecerão durante duas semanas em cada comunidade, o projeto vai reformar um equipamento público do bairro, que pode ser uma praça, uma quadra de esportes, a partir da demanda da própria comunidade. Tudo isso tem como único objetivo valorizar os jovens de cada comunidade, valorizar seus potenciais nas áreas esportiva, lúdica e empreendedora”, ressaltou Tatiana Pereira.

O diretor de comunicação da ONG Formação, Fábio Cabral, destacou a parceria firmada entre o órgão, o Governo do Estado e o Supermercado Mateus, através da Lei de Incentivo ao Esporte, que está possibilitando a realização do projeto ‘Juventude, Esporte em Ação’.

“Sem essa parceria com o Governo do Estado, através da Seejuv, que foi quem pensou inicialmente nesse projeto e convidou a Formação para desenvolver, e da Sedel e, também com o Supermercado Mateus, através da Lei de Incentivo ao Esporte, seria inviável o desenvolvimento desse trabalho, que acontecerá em oito bairros de São Luís, com uma série de oficinas na área do esporte, da cultura e empreendedorismo, ofertadas ás comunidades, que integrarão e desenvolverão mais os meninos e meninas dessas comunidades”, comentou.

Para o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jerry, a partir do projeto “ficará um legado de obra física, além do aspecto de convivência e o desenvolvimento de valores que são fundamentais para a formação cidadã, a partir do esporte como ferramenta”, afirmou.

Segundo dia

Nesta quarta-feira (20), as atividades do projeto no bairro do Anil continuam com as seguintes oficinas: Stopmotion, teatro, animação/fotografia, basquete, futebol 3 e audiovisual. As atividades no bairro acontecerão nas escolas CINTRA e Sá Vale, nos períodos da manhã e tarde. As inscrições, que foram encerradas na semana passada, mobilizaram não apenas jovens, mas também crianças, adolescentes, adultos e até mesmo idosos. Até fevereiro de 2018, os seguintes bairros também irão receber o projeto: Alemanha, Cidade Olímpica, Coroadinho, Itaqui-Bacanga, Liberdade, Vinhais e Vila Luizão.

NUCEL e Mapeamento Digital

Em cada bairro, também será implantado um Núcleo Comunitário de Esporte e Lazer (NUCEL), uma tecnologia desenvolvida pelo Instituto Formação que estrutura espaços alternativos para a prática de esportes educativos nas comunidades. Cada núcleo do projeto será equipado com kits de basquete, badminton, futebol, handebol, slackline, coletes e uma quadra móvel composta por estruturas que podem ser montadas e desmontadas em qualquer lugar. Além disso, os NUCELs também receberão uma máquina fotográfica e um notebook para a realização de oficinas de fotografa, animação e audiovisual.

Para garantir a mobilização e realização das atividades de esporte e cidadania, antes, durante e depois do projeto serão escolhidos 8 jovens atletas amadores que receberão uma bolsa e terão a missão de atuar como agentes responsáveis pelo desenvolvimento do projeto nas comunidades. Além de ter entre 15 a 29 anos, esses jovens atletas deverão estar cursando o ensino médio na rede pública de ensino, morar em um dos oito bairros abrangidos pela proposta e ser um atleta amador.

Outra novidade do projeto é a criação de um aplicativo digital que irá possibilitar a realização de um mapeamento digital dos grupos juvenis que existem nesses bairros, mediante pesquisa a ser feita por jovens monitores do projeto. Em cada bairro, esses jovens monitores participarão de uma oficina de ferramentas digitais, na qual aprenderão a manusear o aplicativo para inserção dos dados num formulário virtual, que disponibilizará as principais informações sobre os grupos existentes nessas comunidades.

Qualquer pessoa poderá baixar o aplicativo e ter acesso as informações do mapeamento.