Funac realiza jogo amistoso de futsal entre os Centros Socioeducativos

As unidades da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), localizadas na Grande Ilha, realizaram um jogo amistoso de futsal Inter Centros Socioeducativos. A partida aconteceu na quinta-feira (06), entre o Centro Socioeducativo de Internação do Vinhais (CSIV) e o Centro Socioeducativo de Internação do São Cristóvão (CSISC). A disputa, que foi bastante equilibrada, ocorreu de forma disciplinada pelas duas equipes.

O Centro Socioeducativo de Internação do Vinhais venceu por 9 a 8, e o resultado não foi o objetivo principal da partida, mas sim oportunidade de os atletas participarem pela primeira vez de um jogo amistoso. Igor Pereira, técnico responsável pela área do esporte e lazer na Fundação avalia o resulato. “O jogo amistoso foi o nosso pontapé inicial. Nossas metas estão sendo alcançadas, integrar os adolescentes e unir através do esporte enaltece várias características, espírito de coletividade e fraternidade entre os adolescentes”, pontua. 

Durante todo o jogo, o clima era de descontração e parceria entre as equipes. Alguns socioeducandos participaram de sua primeira partida amistosa e alguns atletas estavam na maior expectativa para fazer um bom jogo. Um dos socioeducandos relata que o campeonato foi excelente. “Me diverti muito, foi tão bom participar desse torneio e poder jogar com outros adolescentes”, fala contente.

“Foi muito emocionante essa partida do amistoso entre as duas equipes da socioeducação, nós percebemos um clima de descontração tanto entre os adolescentes, quanto com a nossa equipe. É importante ressaltar que os adolescentes perceberam que é possível superar os medos e conflitos, em prol do esporte”, salienta a diretora Técnica da Funac, Lúcia Diniz.

De acordo com o vice-diretor do CSIV, Marcos Fábio, jogar em outra Unidade foi uma boa experiência para os adolescentes que estavam empenhados e fizeram um bom jogo levando a vitória para casa. “Foi uma experiência única, os adolescentes gostam de atividades esportivas, eles vieram empenhados para competir e fazer um bom jogo. Vamos voltar com o sentimento de gratidão, força e vitória, além de integrar mais a equipe e os socioeducandos”, destaca.

O diretor do C.S. I.S. C, Adalberto Frasão avaliou de forma positiva o evento. “Todos estavam empenhados, assim como toda equipe. Agradeço a gestão da Funac por garantir que esse momento acontecesse. O futebol é um esporte que todos gostam de desenvolver dentro da Unidade e o jogo ocorreu na tranquilidade, com a participação de adolescentes de vários blocos, e eu só tenho a agradecer”, diz.

O Conselheiro Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, David Moraes, que prestigiou o jogo destacou a importância do esporte na socioeducação. “Uma atividade muito interessante para os adolescentes que estão privados de liberdade, é importante a inclusão dessas atividades na rotina sociopedagógica dos Centros e a participação dos socioeducandos nas práticas esportivas é um direito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e deve ser assegurado”, pontua.

Para a coordenadora de Programas Socioeducativos da Funac, Meire Rabelo, o campeonato significa mais do que recreação e lazer. “Estou muito feliz, esse momento é importante, é um exercício de direito, uma estratégia também do trabalho pedagógico para que os adolescentes possam ressignificar seu projeto de vida enquanto um direito e exercício pleno da cidadania”, ressalta.

A coordenadora técnica do CSIVV, Suzana Morais, fala do campeonato e comprometimento dos adolescentes com a medida socioeducativa. “A equipe do Vinhais entrou um pouco nervosa no primeiro tempo, mas conseguimos a virada e levar a vitória para casa. É uma atividade interessante de integração entre os adolescentes, o que mostra que eles estão comprometidos com a medida, mostra a responsabilidade e o compromisso de cada socioeducando”, avalia.

Todos os padrões de segurança e sanitária foram seguidos, Alexsandro Farias, Coordenador Geral de Segurança da Fundação parabenizou todos os envolvidos. “Uma atividade muito positiva acontecendo dentro do Centro Socioeducativo de internação. O comprometimento dos adolescentes fez com que a atividade transcorresse na tranquilidade. As equipes estão de parabéns pois trabalharam a conscientização dos adolescentes, que a prática esportiva é importante na vida deles e pode superar qualquer outra questão. Agradecemos a Fundação pela iniciativa e nós da coordenação de segurança estivemos presentes para dar o apoio necessário”.

A animação e torcida da equipe foi uma grande motivação para os jogadores. “O jogo foi de igual para igual, foi o primeiro jogo e estamos muito contentes com a integração e torcida”, declara o adolescente que estava no time do São Cristóvão. “A vitória também é importante nesse processo, as duas unidades construíram um momento anterior de integração em que os adolescentes puderam compreender os valores do esporte e isso foi demonstrado no jogo: o respeito, a solidariedade e os momentos de integração que proporcionam o esporte, tais valores são trabalhados no cotidiano da socioeducação”, diz, Josenilde Diniz, diretora do Centro Socioeducativo de Internação do Vinhais.