Escolas mostram harmonia, graça e beleza na Ginástica Rítmica dos JEMs 2016

As escolas Dom Pedro II, O Bom Pastor, Raimundo Aquino Macedo e Upaon-Açu mostraram harmonia, graça e beleza na disputa da Ginástica Rítmica da etapa estadual dos Jogos Escolares Maranhenses 2016 (JEMs), realizada na quadra da escola Sesi Araçagi. Combinando música, teatro e técnica, as meninas ofereceram ao público um verdadeiro espetáculo, nas categorias individual e equipe.

A competição foi iniciada pelas disputas individuais de aparelhos, começando pela corda e em seguida pelas maças. A atleta destaque nessa prova foi Rita Karla Araújo, 13 anos, do Upaon-Açu, que teve a maior nota na corda e a segunda maior pontuação no aparelho maças, garantindo ouro e prata para sua escola. “É muito gratificante conseguir essa vitória, porque a gente se esforça muito nos treinos. Essas medalhas são resultado de muito esforço e dedicação”, comemorou Rita, que tem o sonho de participar de uma olimpíada representando o Brasil.

Na prova das maças, a vitoriosa foi Ana Grazyele Branco, 13 anos, de O Bom Pastor, que fez uma apresentação repleta de emoções e muito bem finalizada, levando a plateia aos gritos. “Essa conquista foi importante e enriquecedora para Ana. Fico feliz, também, pelo trabalho que o Governo do Estado vem realizando para o desenvolvimento dessa modalidade, que descobre grandes talentos e forma atletas com ética e profissionalismo”, ressaltou Rose Vieira, técnica da escola O Bom Pastor.

A última prova da Ginástica Rítmica foi a conjunto cordas. Competiram nessa categoria as escolas Raimundo Aquino Macedo, do município de Bacabeira, Dom Pedro II e Upaon-Açu. As equipes foram se apresentando uma de cada vez, com danças sincronizadas e manobras com a corda. No final, a escola de Bacabeira alcançou o melhor resultado.

Partindo para as premiações, a escola campeã na modalidade foi a Upaon-Açu, com o maior número de atletas vitoriosas. Logo depois foram divulgadas as meninas que irão representar o estado nos Jogos Escolares da Juventude 2016, em setembro, que são: Ana Grazyele Branco (O Bom Pastor), Rita Karla Araújo (Upaon-Açu), Julia Silva (Upaon-Açu), Maria Fernanda Mota (Dom Pedro II).