Maranhão Esportes|Esporte Maranhense

Centro de Educação Integral Almirante Tamandaré sedia etapa do Circuito Ludovicense de Xadrez na Escola

O Centro de Educação Integral ‘Educa Mais’ Almirante Tamandaré (C.E.I Almirante Tamandaré), escola da rede estadual de ensino, no bairro da Cohab, sediou no sábado (27), a III etapa do Circuito Ludovicense de Xadrez Escolar, com a participação de 68 estudantes de escolas das redes pública estadual e particular de ensino.

A competição, que tem como objetivo fomentar o ensino e a prática do xadrez nas escolas, bem como promover a socialização dos alunos das diversas escolas participantes, acontece em oito etapas, uma vez por mês, em escolas diferentes. O torneio também é válido para o ranking da Liga Brasileira de Xadrez.

Cinco categorias, com idade entre 8 e 18 anos, nos naipes masculino e feminino, participam do circuito, além da categoria pais/absoluto. “A categoria pais/absoluto surgiu com o intuito de envolver os pais que vinham para a competição acompanhar os filhos e ficavam a tarde inteira ociosos esperando o término da competição. Aí nós decidimos convidá-los para entrar no circuito e foi aceito”, disse Ulisses Rodrigues, juiz da Liga Brasileira de Xadrez e promotor do evento.

Entre as escolas da rede pública estadual que têm representantes na competição, estão o Colégio Militar 2 de Julho e o C.E.I. Almirante Tamandaré. Este último teve como representantes os alunos Stevie e Pedro Lucas, ambos integram o ‘Xadrez na Escola’, projeto piloto criado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com o bicampeão mundial de xadrez, Rafael Leitão.

“O xadrez, para mim, é um dos recursos pedagógicos mais eficientes e de que a civilização já inventou. Desenvolve muito raciocínio e o pensamento lógico, a concentração, a percepção, a criatividade. Desenvolve também muitas qualidades como a paciência, a perseverança, autoestima, o respeito, o autocontrole, a autoconfiança. O xadrez me trouxe melhor desempenho escolar. Enfim, o xadrez é muito bom”, pontuou Stevie Wendel, aluno do C.E.I. Almirante Tamandaré. 

“O xadrez ajudou muito o meu desempenho escolar, principalmente na Matemática. Me ajudou a buscar soluções para os problemas, analisar sistematicamente as questões e ter autoconfiança e concentração”, disse Pedro Lucas, também estudante do C.E.I Almirante Tamandaré.

O professor de Matemática do Almirante Tamandaré, Fernando César Soares, destaca a importância do jogo de xadrez para o processo de ensino e da aprendizagem. “Essa prática desenvolve habilidades como concentração, memória e tomada de decisões. O xadrez é considerado como excelente suporte pedagógico, visto que se relaciona com diversas disciplinas, tais como: Matemática, Artes, História, Geografia, além da Ética”, explicou o professor.  

O xadrez nas escolas é desenvolvido em oito escolas da Rede Estadual de Ensino, localizadas em São Luís, envolvendo 800 alunos da rede, na faixa etária de 7 a 12 anos; e tem por objetivo estimular e melhorar a capacidade de raciocínio dos estudantes.