Aplicativo Linksports capta de torcedores em 8 países e transfere Micropatrocinio a jovend jogadores de Futebol No Brasil

A LinkSports, startup canadense de apoio esportivo, faz, um novo teste de seu aplicativo de “bolsa-esporte” digital, que tem como objetivo oferecer suporte financeiro a atletas aspirantes de diversos esportes ranqueados por profissionais cadastrados e usando inteligência artificial (IA). 

Nesse novo Alfa-Teste, o aplicativo já possibilita a transferência de “micropatrocínios” de fãs de futebol do mundo todo aos atletas mais bem posicionados no ranking do app, através de um módulo de microcréditos habilitado desde agosto. 

O aplicativo já está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS em doze países. Já nesta fase inicial, foram captados cerca de R$30.000,00 de torcedores do Brasil, Estados Unidos, Israel, Canadá, Inglaterra, Austrália, Japão e Singapura destinados aos 50 atletas mais bem posicionados no app (escolhidos pelos torcedores). Em média, cada atleta receberá R$600,00 em apoio, em uma estrutura de co-participação – e não doação – na futura carreira do ou da jovem aspirante.

O recurso é único no mundo: a transferência direta de fã a jogador, de uma bolsa-atleta (chamada de “micropatrocínio” pela plataforma) possibilitando um fluxo de investimento de diversas regiões do mundo em direção a atletas em países em desenvolvimento – onde estão os maiores celeiros de talentos, mas, também, onde existem as maiores dificuldades no caminho do atleta aspirante rumo ao crescimento e à visibilidade na carreira. Literalmente, o App democratiza acesso a patrocínio.

O aplicativo, ativo desde abril 2022, permite que jovens atletas participem de desafios físicos e técnicos que lhes garantem pontuação, façam o upload de vídeos, sejam ranqueados pelos algoritmos da LinkSports, monitorados e avaliados por especialistas cadastrados, e eventualmente chamados para peneiras, disputando categorias profissionais. Além disso os melhores podem receber investimentos para apoiá-los no início de uma trajetória de sucesso no universo do esporte. ou mesmo, para os que não são de altíssimo desempenho mas estão bem acima da média, poder concorrer a bolsas de estudo, ajudando a realizar, assim, tanto o sonho profissional quanto acadêmico de atletas aspirantes. “O aplicativo tem como objetivo eliminar parte das assimetrias nos esportes que são causados por acessos desiguais entre jovens com recurso e jovens de famílias pobres”, diz o Canadense nascido no Brasil Neissan Monadjem, CEO e co-founder da plataforma.

“A diversidade e a inclusão no acesso ao sucesso não depende somente de esforço e capacidade, mas, também, de condições equânimes. Isto deveria ser a base do esporte profissional, uma meritocracia do desempenho, mas infelizmente não é o que acontece na prática: particularmente no Brasil, existe o ”quem indica”, o favorecimento de esquemas e informalidades de representação por intermediação inescrupulosa, que somente a transparência e a coleta de dados digitais por processo imparcial conseguirá eliminar. A LinkSports fará a diferença em múltiplos esportes, começando pelo futebol. Oferecendo não só uma chance ao sonho profissional, mas também ao sonho acadêmico através de bolsas de estudo que podem trazer benefícios para além do acesso a um time profissional, que é limitado no Brasil a cerca de 33 mil posições em times ativos.” 

Sobre a Linksports: A LINKPORTS, é uma startup canadense de micro pagamentos fundada em 2020 em Toronto, Ontário, que empodera fãs de futebol em doze países permitindo que invistam na carreira de jovens jogadores no Brasil. A empresa combina uma plataforma social com um sistema baseado em Inteligência Artificial que faz pontuação e ranqueamento através de desafios atléticos, inicialmente no futebol e em breve no basquete, futebol americano, cricket e hockey. Seu objetivo é trazer visibilidade e democratizar o acesso a recursos financeiros a jovens atletas, permitindo que observadores técnicos os acessem e selecionem sem custo. A plataforma é agnóstica e independente e portanto oferece acesso gratuito a todos os clubes e times do mundo.