Maranhão Basquete perde e se despede da LBF 2014/2-15

A ADCF Unimed/Americana garantiu classificação a grande final da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 ao derrotar o Maranhão Basquete, neste sábado (11 de abril), por 96 a 73 (49 a 31 no primeiro tempo), em duelo que abriu a segunda rodada da série melhor-de-três do playoff – semifinal, disputado no ginásio Centro Cívico, na cidade de Americana (SP). Com a vitória, o time paulista fechou a disputa com duas vitórias e nenhuma derrota.

O jogo começou com os dois times correndo e o representante maranhense errando um pouco nas ações ofensivas, o que possibilitou a abertura de uma pequena vantagem por parte do time da casa, porém, em seguida, a história se inverteu e o a equipe visitante se recuperou. Com esse panorama, o final do quarto inicial foi equilibrado, com o Maranhão Basquete terminando na frente (15 a 19), com boas performances da cubana Ariadna Felipe, pelo time da casa, e a norte-americana Matee Ajavon, em favor do visitante.

No período seguinte, a equipe de São Luís até que começou bem, mas logo cometeu erros na saída de bola e nas ações ofensivas, permitindo que a ADCF Unimed/Americana igualasse as ações, deixando o jogo novamente equilibrado. Na sequencia, com uma marcação melhor e o adversário mantendo o quadro de erros, o time da casa assumiu o comando do marcador e fez a vantagem crescer bastante (34 a 12), com destaque para o trio Clarissa dos Santos, Joice Rodrigues e Karla Costa.

Na volta do intervalo, valeu a bronca da técnica Lisdeivi Pompa no vestiário, já que o Maranhão Basquete voltou com outra postura e baixou a diferença. Na sequencia, o técnico Antônio Carlos Vendramini acertou o seu time, chamando a atenção para a postura dentro de quadra, e conseguiu equilibrar as ações, levando vantagem mais uma vez (25 a 19), com bom rendimento da lateral Palmira Marçal, nas bolas de três pontos, e Damiris do Amaral, ambas pelo time da casa, e Matee Ajavon, em favor do visitante.

No quarto final, a equipe da casa administrou bem a sua vantagem, confirmando o resultado positivo e a classificação para a decisão (22 a 23), a quarta consecutiva – dois títulos e um vice-campeonato.

Os principais nomes da partida foram Karla Costa (17 pontos), Damiris do Amaral (16 pontos, 06 rebotes e 04 assistências) e Clarissa dos Santos (14 pontos e 13 rebotes – double-double), pelo time da casa; Iziane Castro (24 pontos e 07 rebotes) e Matee Ajavon (17 pontos e 02 assistências), em favor do visitante.

“A equipe está de parabéns, pois conseguiu chegar ao seu objetivo, que era avançar a final, pois estamos trabalhando muito forte para isso. Sabíamos que o Maranhão Basquete nos daria muito trabalho e jogamos forte e, em conjunto, por isso, vencemos, contando com apoio dos nossos torcedores”, comenta a lateral Karla Costa, da ADCF Unimed/Americana.

“Tivemos uma queda brusca no segundo quarto e o time de Americana aproveitou para abrir vantagem e, depois, correndo atrás, ficou muito difícil, pois encaramos uma equipe experiente. Mas, dentro do que foi planejado no começo da temporada, chegamos ao nosso objetivo, que era estar entre os quatro”, analisa a cestinha Iziane Castro, do Maranhão Basquete.

A ADCF Unimed/Americana, que já havia vencido o confronto inicial, por 70 a 51, jogando como mandante, aguarda a definição da outra série, entre Uninassau/América e São José/Colinas Shopping, para conhecer o seu adversário na grande final da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15. O time pernambucano está na frente, pois venceu atuando em seu ginásio.