Karatê: Maranhenses são convocados para Mundial no Japão

Atualmente, o Maranhão é um dos Estados com maior destaque no karatê no estilo shotokan. Prova disso, é que os atletas que compõem a Seleção Maranhense foram convocados para representar o Brasil na 6ª edição do Campeonato Mundial de Karatê Shotokan, competição que será realizada entre os dias 26 e 28 de julho na cidade de Tóquio, no Japão. Ao todo, a Confederação Brasileira de Karatê Shotokan (JKS Brasil) convocou 19 atletas maranhenses para competir em solo japonês. 

Além de terem conquistas estaduais e regionais na temporada passada, os caratecas chamados para compor a delegação brasileira no Mundial de Karatê Shotokan foram destaques na 27ª edição do Campeonato Brasileiro de Karatê Shotokan, evento realizado em outubro do ano passado, no Ginásio Rio Vermelho, na cidade de Goiânia (GO). No total, a equipe maranhense brilhou no evento e terminou sua participação conquistando 33 medalhas no total: 8 ouros, 10 pratas e 15 bronzes. 

Os resultados obtidos no campeonato nacional credenciaram os caratecas a competir no Mundial de julho, no Japão. No entanto, a ida dos atletas maranhenses está condicionada à aquisição de patrocínios para arcar com as despesas da viagem. 

“É um evento de nível mundial, que será realizado no Japão, oportunidade mais que única. Os atletas do Brasil estarão presentes e junto podem estar caratecas do Maranhão, representando o nome do nossos país e do nosso Estado, mas, para isso, precisamos de patrocínio. É uma viagem que tem um custo grande e muitas pessoas não têm condições de arcar com essas despesas. Por isso, qualquer patrocínio é bem-vindo”, afirmou o sensei Marco Aurélio Mota. 

Os 19 atletas convocados para o Mundial de Karatê Shotokan no Japão são Marco Aurélio Mota, João Guilherme Maciel, Samuel Rocha de Amorim, Radhyja Costa, Daniel Silva Caripunas, Gilbert Demousseau, Garance Lobato Demousseau, Manuel Cortez de Paula, Marina de Miranda Martins, João Batista Pereira, Leopoldo Pereira Martins, Hayka Emanuelly Diniz, Hanny Manuelly Diniz, Vitor Augusto Nascimento Moraes, Paulo Ricardo Silveira, Álvaro Olindino Filho, Ronilson Davi Carvalho, Fernando Silva Araújo e Davi Rocha Santos. 

Bons resultados 

Dentre os medalhistas maranhenses no Campeonato Brasileiro, destaque para Marco Aurélio Mota, que subiu quatro vezes ao pódio. O carateca foi ouro no Kumitê Individual Master I e no Kumitê Open. Além dessas conquistas, ele foi prata no Koten Kata (19 anos acima) e foi bronze no Kata Individual Master I. 

Quem também voltou de Goiânia cheia de medalhas foi Radhja Costa. A jovem atleta foi campeã do Kata Individual Roxa (acima 15-16 anos), prata no Kumitê Individual Roxa (acima 15-16 anos) e bronze no Kumitê por Equipe (15-16 anos). 

Outro atleta que foi muito bem no Campeonato Brasileiro foi Vitor Augusto Nascimento Moraes que, em sua primeira competição nacional, colocou o Maranhão duas vezes no pódio. O carateca foi prata no Kata Individual Vermelha a Verde (15-16 anos) e bronze no Kumitê Individual Vermelha a Verde (15-16 anos).