Governo investe em alojamento, alimentação, saúde, transporte, lazer e cultura de atletas dos JEMs 2016

Durante a etapa infantil (12 a 14 anos) da fase estadual da 44ª edição dos Jogos Escolares Maranhenses – JEMs 2016, encerrada nesta sexta-feira (19), milhares de atletas foram recebidos em São Luís com estrutura de alojamento, alimentação, saúde, transporte, lazer e cultura, preparada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), com objetivo de melhorar a recepção dos alunos que participaram da maior competição estudantil do estado

De acordo com o secretário Márcio Jardim, o Governador Flávio Dino investiu em ações para garantir a qualidade de vida dos atletas participantes dos JEMs 2016. “Uma das metas do governo Flávio Dino é melhorar os JEMs em qualidade, sobretudo quanto ao alojamento, alimentação, saúde, transporte, lazer e cultura dos estudantes, a fim de garantir condições mais dignas aos jovens do interior do estado”, afirmou Jardim

Nesta edição foram organizados três grandes centros de alojamento para vivências dos atletas maranhenses: o Parque Folclórico da Vila Palmeira, o Estádio Castelão e o Centro Social dos Servidores do Maranhão (Ipem). Os espaços foram preparados para alojamento e concentração dos atletas, além de permitir a troca de experiências. “Boa parte dos alojamentos utilizados são os mesmos dos anos anteriores, mas fizemos melhorias na estrutura de acomodação, principalmente no que diz respeito à segurança, higiene e conforto dos atletas”, explicou a secretária adjunta de esporte educacional, Joslea Rodrigues

O atleta de futsal Alisson Ferreira, 14 anos, do município de Itapecuru-Mirim, disse que ficou muito satisfeito e feliz com a recepção e garantia digna de alojamento. “A gente se sente valorizado quando chega em uma competição com um local adequado para o descanso. Essa atitude nos ajuda, também, no foco para obter melhores resultados nas provas. Agradeço pela cama confortável, pela segurança e pelo ambiente mais agradável e melhor estruturado”, ressaltou Alisson, agradecido pelo local oferecido para vivência e acomodação dos atletas

Alimentação adequada

No período da competição, o Governo do Estado assegurou toda estrutura de alimentação para os atletas. O refeitório, localizado no Parque Folclórico da Vila Palmeira, ofereceu café da manhã, almoço e janta de qualidade, em um espaço limpo e agradável. A alimentação balanceada foi acompanhada por uma equipe de nutricionistas. “Qualidade e bom gosto. Essas palavras resumem a qualidade da alimentação fornecida aos estudantes nos JEMs”, destacou Thaylane Katlen, 13 anos, atleta de dama do município de Anajatuba

Clínica de Fisioterapia

Para garantir o bom condicionamento físico dos atletas dos JEMs, o governo do Estado montou uma Clínica de Fisioterapia, localizado no Ginásio Castelinho, com equipamentos modernos e especialistas da área, visando oferecer o suporte necessário aos alunos que disputam os Jogos Escolares. Segundo a técnica do Colégio Militar Tiradentes de Caxias, Tainan Moucher, a clínica é mais uma ação que valoriza do atleta. “É uma iniciativa que promove a qualidade de vida dos atletas e afirma o compromisso do governo com o esporte educacional”, disse

Transporte, conforto e segurança

Para as crianças, técnicos e representantes dos municípios alojados nos centros de vivência, foram disponibilizados veículos para auxiliar no transporte com mais conforto e segurança. “O transporte viabilizado pelo Governo do Estado veio para somar. Além de evitar o atraso durante as competições, que praticamente não houve, nossos alunos elogiaram o conforto, a segurança dos veículos e o cuidado dos monitores da Sedel com os atletas”, elogiou o professor Getúlio Mello, técnico do município de Imperatriz.

Lazer e cultura com o Agita JEMs

A Secretaria de Esporte e Lazer realizou o “Agita JEMs”, projeto que contou com vasta programação de passeios no Centro Histórico de São Luís, Palácio dos Leões, Igreja da Sé, Espigão Costeiro, Lagoa da Jansen e tour nas praias de São uís, que levaram lazer e cultura aos atletas do interior nos período em que não estão nas competições.

O Agita proporcionou também atividades educacionais e de recreação, como atividades recreativas, aula de zumba, basquete, dama, dança, dominó, jogo de botão, futebol, pebolim, peteca, travinha, tênis de mesa, vôlei e xadrez. Na hora do almoço teve a rádio “Agita JEMs”, no comando de Gigi Moreira, que levou alegria e promoveu a interação entre alunos. Mais de mil atletas, de 46 municípios, visitaram pela primeira vez o Estádio Castelão e assistiram ao jogo do Moto Club e do Sampaio Corrêa.

Para muitos adolescentes, ver seus ídolos de perto e acompanhar a vitória de um time querido pelos maranhenses foi a realização de um sonho. “Foi a primeira vez que vi de perto um estádio de futebol. Não tenho palavras para explicar a emoção que senti, mas posso dizer que aquele momento foi muito especial, pois realizei um sonho que tinha desde criança. Agradeço ao governo pela oportunidade”, agradeceu Gildean Lima, 13 anos, jogador de beach soccer do município de João Lisboa.