Maranhão Esportes|Esporte Maranhense

Com salários atrasados, Cordino perde mais um jogador

Com dois meses de salários atrasados, dos atletas e comissão técnica, o Cordino perdeu nesta quarta feira (25) mais um atleta. Alegando atraso de salários o volante Regis Pitibul, pediu rescisão de contrato com a onça e não faz mais parte do elenco do Cordino. Regis é o segundo jogador a pedir para sair do Cordino, antes o lateral Michel, trocou o Cordino pelo Imperatriz.

Crise sem fim:A crise financeira no Cordino parece não ter fim, mesmo com a entrada de quase um milhão de reais no caixa do clube, a equipe está com 2 meses de salários atrasados com jogadores e comissão técnica, para piorar a situação, esta semana os jogadores foram surpreendidos com o corte de fornecimento elétrico na casa do atleta, a CEMAR fez o corte alegando atraso de pagamento.

Em meio a todos essas  dificuldades, o treinador Marlon Cutrim vai ter problema na escalação do Cordino, Com as saídas de Michel e Regis, o elenco ficou reduzido a 17 atletas. Para o jogo contra o Interporto, Marlon Cutrim, deve promover três  alterações na equipe em relação ao time da estreia.  O zagueiro Jhonatan, entra na lateral direito, tendo em vista que o garoto Matheus, não foi bem contra o Ferroviário-CE, e Emerson ocupará a vaga de Jhonatan , André Radija, herda a vaga de Igor e Keuson vai substitui Regis Pitibul no meio campo. Se não  aparecer  mais nenhum problema, a equipe que vai enfrentar o Interporto deve iniciar com, Pablo, Jhonatan, Da Silva, Emerson e André Radija, Junior Negrão, Alison, Keuson e Ulisses, Cris e Jocivan.

O Cordino enfrenta o Interporto-TO neste domingo (29) às 16:00h  no estádio General Sampaio em Porto Nacional-TO. O árbitro principal será,  Bruno Pereira Vasconcelos (BA). Ele será auxiliado por José Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Carlos Eduardo Bregalda Gussen (BA). O quarto árbitro é Leandro Cunha de Oliveira (TO).

Por: Davino Barbosa