X1 Brazil Combate promove em São Luís a primeira disputa de cinturão na temporada

O cinturão da X1 Brazil estará em disputa no próximo dia 18 de março, a partir das 17h (de Brasília), no Ginásio Geórgia Pflueger, o Castelinho, em São Luís-MA, em mais um X1 Brazil Combate. O fruto da casa, L7, tentará tomar o título do atual campeão, Paçoca, em um confronto que promete ser um dos maiores da história da modalidade.

Em menos de 24 horas desde a abertura das vendas, mais de 2500 ingressos já foram comercializados. A capacidade do local é de 5 mil pessoas e ainda restam poucas entradas no site www.evenyx.com/x1-brazil-combate-sao-luis-maranhao . A expectativa é de arena lotada no dia do evento.

Além de L7, Toinha também atrai muita torcida para a noite de espetáculo. Ela é detentora do cinturão feminino da X1 Brazil e Bola de Ouro da temporada 2023. Agora, será desafiada por Bia Cabelinho na abertura do card de Maranhão.

“A resposta do público de São Luís diz tudo. O card está recheado e aguardamos um grande Combate com jogos de altíssimo nível. L7 vem em grande fase e conta com o forte apoio da torcida, mas Paçoca é campeão por um motivo e não costuma se abalar com a pressão. No feminino também teremos uma representante do Estado, a campeã Toinha, que terá um ótimo desafio pela frente. A X1 Brazil busca isso, colocar os melhores contra os melhores”, afirma Davi Oliveira, Gerente de Projetos da X1 Brazil.

Inspirado no MMA, o X1 conta com muita provocação por parte dos jogadores, e a guerra de palavras na atração principal da noite já começou. L7 disse que será impossível perder esse cinturão em casa, no Maranhão, e pretende realizar seu sonho de se tornar o melhor jogador do país.

“A palavra perder não existe aqui no Maranhão. Para mim, não existe. O jogo é mais para mim. Estou em casa, estou confiante, vou ter a minha torcida e ela vai ser linda, maravilhosa e grande, viu? Se prepara, Paçoca, esse cinturão vai ficar aqui”, provoca o desafiante.

Paçoca, o detentor do cinturão da X1 Brazil, foi o primeiro convidado do X1 Brazil Cast, o podcast da X1 Brazil, que pode ser visto no Youtube. Por lá, ele falou que vai provar quem é o melhor no dia 18 de março.

“Dia 18 eu respondo ele. Vamos ver quem é o melhor. Eu treinando ninguém ganha de mim. Acima de mim só o Coringa, eu não conquistei o que ele conquistou, então só ele, por enquanto. Mas no dia 18 vamos descobrir quem é o melhor, Paçoca ou L7”, crava o campeão.

Patrocinado pelo Esportes da Sorte, a partida vale o prêmio de R$ 50 mil para o vencedor e contará com transmissão ao vivo da CazéTV, no Youtube, e lives nas redes sociais da X1 Brazil e de Ney Silva, pioneiro da modalidade. Quem quiser comparecer e sentir o clima do Castelinho os ingressos variam de R$15 (meia-entrada) a R$ 30.

Além das duas disputas de cinturão, o card de Maranhão conta com grandes nomes, como os ex-campeões Bolt e Brasil, além do ex-desafiante Berô Paraíba.

Confira o card completo:

Toinha x Bia Cabelinho (cinturão)
Bolt x Jonatas
Brasil x Billa Pitbull
Berô x Leleti
Paçoca x L7 (cinturão)

Sobre a X1 Brazil

A X1 Brazil, maior organização esportiva da modalidade X1, tem garantido grandes eventos por onde passa, sempre com arenas lotadas e jogos eletrizantes, contando com uma base de fãs extremamente engajada. Inspirada nos moldes de sucesso do MMA, com card de confrontos, ranking e até cinturão, a organização conta com o patrocínio máster do Esportes da Sorte, parceria para transmissão com a CazéTV e a Adidas fornecendo seus uniformes. Além disso, tem como principal embaixador e narrador, o influenciador Ney Silva, voz bastante popular do futebol de várzea no Brasil.

Crédito: Divulgação/X1 Brazil