Vigilância Sanitária conclui vistoria no estádio Frei Epifânio em Imperatriz

Fiscais da Vigilância Sanitária do Estado realizaram na tarde de terça-feira, 19, vistoria nas instalações do estádio municipal Frei Epifânio da Badia. Esse é o último laudo de segurança para autorizar a realização de jogos em nível estadual e nacional, a partir de janeiro de 2018.

Cabines de rádio, banheiros, vestiários, saídas de emergência, laterais de acesso às arquibancadas, cadeiras, sistema de combate a incêndio, elevador, setor administrativo, instalações elétricas, hidráulicas e estrutura física passaram pela inspeção. Dependências foram consideradas aptas para equipes e torcedores acompanharem competições em total segurança.

Os fiscais e arquitetos Roque Penha e Francy Freitas, da Superintendência de Vigilância Sanitária do Estado, Suvisa, vistoriaram o local. “Tudo o que diz respeito à área da saúde é o nosso papel fiscalizar para disponibilizar serviços da maior qualidade possível, tanto na área pública quanto privada”, destacou Roque. Ele enfatizou que, ao contrário do que muitos pensam, a “Vigilância Sanitária, seja em qualquer esfera, é uma aliada e não inimiga, com atividades realizadas em conjunto para atender melhor à sociedade”.

A ação foi acompanhada pela secretária de Esportes, Lazer e Juventude, Greycivane Lindoso, o administrador do estádio, Cristiano Silva, e assessores. Laudos emitidos são válidos por 180 dias, renováveis por igual período, até o fechamento da temporada.

A secretária afirma que a prefeitura está tomando todas as providências necessárias para que o Frei Epifânio esteja apto a receber não só os atletas, mas toda a torcida imperatrizense, durante as competições de 2018. “Este ano fizemos questão de antecipar a liberação de todos os laudos de segurança, mesmo com as mudanças que foram exigidas pela Confederação Brasileira de Futebol”, reforçou.

 

Fonte: O Progresso