Transparência é palavra de ordem para nova gestão do Cavalo de Aço

O Imperatriz tem uma nova gestão em 2021. O médico Wagnner Ayres assumiu a presidência do clube na última segunda-feira (04), menos de uma semana após a renúncia do ex-presidente Adauto Carvalho. Com uma missão quase impossível nas mãos, o novo gestor formou sua equipe de trabalho com profissionais que se voluntariaram para ajudar o Imperatriz neste momento.

A nova diretoria do Imperatriz é composta pelo médico Wagnner Ayres (presidente); Charles Guerreiro (diretor de futebol); Murilo Silva (gerente de comunicação); Alfredo Wagner (gerente de marketing); Cleíse Vaz (gestora de qualidade); Mário Bruno Nascimento (gerente jurídico); Heyder Ayres (gerente contábil e financeiro). Além de outros colaboradores: Ananda Portilho (assessora de imprensa); Daniel Dias (assessor de marketing); Gabriel Dias (assessor de marketing); Vagner Grigorio (fotógrafo).

Fazer a transição entre as gestões de modo transparente é um dos principais objetivos da nova equipe. “Transparência é nossa palavra de ordem. Estamos trabalhando para salvar o Imperatriz, mas queremos que toda a sociedade possa estar ciente do modo que estamos fazendo. Divulgar as parciais da vaquinha lançada para arrecadar dinheiro, é só um dos modos de mostrar que nosso compromisso é com esse time, em devolver à cidade de Imperatriz uma equipe que nos dê alegrias e que se mantenha viva independentemente de quem está à frente”, declarou o presidente Wagnner Ayres

Levantamento de patrimônio

Desde que assumiu, o presidente Wagnner Ayres juntamente com o gerente jurídico Mário Bruno Nascimento, têm trabalhado para fazer o levantamento do patrimônio do Cavalo de Aço, além de mapear as dívidas adquiridas ao longo dos anos pela agremiação. O levantamento está sendo feito em parceria com a antiga gestão para que a nova diretoria possa traçar o modo de atuação neste ano de 2021. O relatório obtido pela gestão será amplamente divulgado tão logo for concluído.