SÉRIE D: MAC e Operário-PR iniciam busca pelo acesso à Série C

Um dos quatro representantes do Nordeste vivos na Série D do Campeonato Brasileiro, o Maranhão começa a brigar pelo acesso contra o Operário Ferroviário neste domingo, às 16h, no confronto de ida das quartas de final do torneio. O confronto acontecerá no estádio Castelão, em São Luís. Além do América-RN, MAC e Fantasma são os dois únicos desta Série D que já estiveram na elite do Campeonato Brasileiro.

Nesta fase da competição, os gols marcados fora de casa servirão como critérios de desempate, portanto, tanto Maranhão, quanto Operário, que têm suas forças em casa na competição, tentarão encaminhar a vaga já neste domingo. O jogo de volta acontece na segunda-feira, dia 14 de agosto, às 21h, no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa-PR. Em caso de dois resultados iguais, a vaga será decidida nos pênaltis.

O Fantasma tem a terceira melhor campanha da competição e, por isso, poderá decidir o jogo de volta em casa. O Operário venceu sete e empatou três jogos de 10 disputados no torneio. O Maranhão venceu quatro partidas, empatou quatro e perdeu duas na competição até agora. Foram 11 gols marcador pelo Operário e cinco sofridos. Já o MAC fez 16 gols no torneio e sofreu nove.

MAC APOSTA EM FORÇA EM CASA
O Maranhão jogou na Série A do Campeonato Brasileiro em 1979 e 1980, além de ter sete participações na Série B e cinco na Série C, a última delas em 2006. Esta é a terceira tentativa da equipe de retornar à terceira divisão. Nos anos de 2013 e 2016, o MAC não passou da fase de grupos da Série D.

Começando a preparar a equipe do MAC, o técnico Ruy Scarpino sabe quem terá um retorno e um desfalque para o duelo. O volante Sandro Bacabal está lesionado e não deverá ficar à disposição para o jogo de ida contra o Operário. A boa notícia é o retorno do lateral-direito Michel retorna após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Com a volta de Michel, Rômulo Ferreira, que atuou improvisado como lateral-direito na última partida, deverá compor o meio-campo na próxima partida. Outra possibilidade é de que o atacante Jonas deixe o time titular. O técnico conta com Gileard, Emerson e Éder Guerreiro como opções para alterar a formação do time.

UMA MUDANÇA NO FANTASMA
O Operário nunca jogou a Série C do Brasileiro, mas já esteve nas duas divisões acima. Em 1979, o Fantasma jogou a Série A, e em 1989 e 1990 jogou a Série B do torneio. Esta é a quarta tentativa da equipe paranaense na Série D do Brasileirão. Em 2010, o Operário chegou até a fase quartas de final, mas acabou eliminado pelo Madureira. Em 2011, o Fantasma não passou da fase de grupos. O Operário voltou às quartas de final em 2015, mas perdeu para o Remo.

O Fantasma terá uma novidade em seu time titular para a partida deste domingo. O lateral-esquerdo Peixoto cumpriu suspensão e ganhará espaço no 11 inicial no lugar de Acácio. O treinador destacou o entrosamento e afirmou que pretende manter a base da equipe, já que os atletas estão se procurando mais e já sabem o posicionamento.

 

Fonte: Futebol Interior