Série B do Brasileiro:Jogo entre Sampaio e Juventude é considerado como alto risco de transmissão da COVID-19

O epidemiologista da USP, Paulo Lotufo, classificou o Juventude de Caxias do Sul como um potencial transmissor de covid-19. De acordo com o médico, o confronto entre o time gaúcho e o CRB no último sábado (8), pode ter causado infecções entre jogadores, uma vez que oito jogadores e um arbitro que participaram do confronto CSA X CRB na última quarta-feira (5), foram diagnosticados portadores do novo coronavírus. Diante dessa situação, clubes que estiveram contato com atletas dos clubes de Maceió são potenciais transmissores do novo coronavírus.

Mas qual a relação com o Sampaio Corrêa?

Nesta terça-feira (11), Sampaio e Juventude vão duelar no estádio Castelão, valendo três pontos na segunda rodada da Série B e existem fortes chances de jogadores do time gaúcho estarem infectados e contaminarem atletas do clube maranhense.

A situação é polêmica e vem trazendo uma série de questionamentos para a CBF, que é responsável pela organização do campeonato. Que até o presente momento não se manifestou sobre a situação.

Para o especialista da USP, times que tiveram contatos com os times CSA e CRB deveriam ter seus jogos adiados até que o resultado dos exames for divulgado.

No Maranhão, Imperatriz teve 12 jogadores diagnosticados com covid-19 e o Cavalo de Aço teve seu jogo adiado contra o Treze. A partida seria realizada no domingo em Campina Grande.

Fonte: Diego Emir