Sampaio Corrêa x Bahia – Tricolor mais uma vez depende só de si

Mais uma vez contra um time da zona de rebaixamento, o Bahia entra em campo nesta sexta-feira para enfrentar o lanterna Sampaio Corrêa no estádio Castelão, em São Luís (MA). Jogando pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o time quer afastar a crise que se instaurou em Salvador. A bola está marcada para rolar a partir das 21h30.

Se um dia brigou pela liderança, hoje o Bahia tem 20 pontos e está a sete do Ceará, primeiro no G4 da competição. E nem mesmo a condição de lanterna do Sampaio Corrêa, com 10 pontos, é um fator favorável aos baianos, já que uma das derrotas foi para o Tupi, na 11ª rodada, por 2 a 1 também fora de casa.

E AGORA?

A semana tem sido de treinos produtivos para o Sampaio. Com tempo livre, o técnico Wagner Lopes tem aproveitado para trabalhar algumas situações que não estavam sendo possíveis com a sequência pesada de jogos, como treinamentos de finalização, passe, triangulações ofensivas, além de outros detalhes considerados de suma importância no desenvolvimento do time em campo.

Além do tempo, Luiz Otávio ressalta as conversas internas entre os jogadores, que servem para unir ainda mais o grupo em torno do único objetivo decisivo na competição atualmente: “Temos conversado bastante entre nós e creio que a situação vai começar a mudar. Precisamos nos firmar e vamos agir para tirar o Sampaio dessa situação”, sentenciou.

MUDANÇAS

Após a derrota para o Vila Nova na semana passada, o goleiro Marcelo Lomba, o lateral-direito Hayner, o volante Danilo Pires, o meia João Paulo Penha e o atacante Thiago Ribeiro foram dispensados. Por outro lado, chegaram o goleiro Muriel, o volante Luiz Antônio e o atacante João Paulo. Outros jogadores devem ser contratados pelo Bahia nos próximos dias, mas, nesta sexta-feira, nenhuma cara nova vai estar em campo.

“É trabalhar firme, focado, com toda a força que puder, fazer o que o Guto está pedindo e colocar o que ele pede em campo. O time estava abaixo fisicamente e, com certeza, cresceu nesses dias. Fizemos muito treino de força. Com certeza vamos ter uma evolução grande”, afirmou o meia Renato Cajá.

 

Fonte: Futebol Interior