Sampaio Corrêa 0 x 0 Bragantino: Sampaio conquista primeiro ponto na Série B 2016

Ainda não foi na noite desta terça-feira que o Sampaio Corrêa conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar de ter mostrado uma melhora em relação as últimas partidas, a Bolívia Querida ficou no empate sem gols com o Bragantino, no Estádio Castelão, pela quinta rodada.

Com apenas um ponto em cinco partidas, o Sampaio Corrêa segue segurando a lanterna da Série B, tendo a pior campanha entre os 20 clubes. Já o Bragantino chegou ao segundo jogo sem derrota, mas tem quatro pontos e não deixou a zona de rebaixamento.

MUITO FRACO

Pressionado pelos resultados negativos nas primeiras rodadas, o Sampaio Corrêa começou a partida em cima do Bragantino e levou perigo logo aos oito minutos. Carlos Alberto recebeu de Pimentinha, dominou e finalizou rasteiro na rede pelo lado de fora. Aos 15, Léo Jaime cobrou falta, a bola desviou na barreira e por muito pouco não entrou no gol de Jean, que foi pego no contra pé.

Após um início promissor, a Bolívia Querida diminuiu o ritmo e deixou o Bragantino equilibrar a partida. A torcida maranhense começava a pegar no pé dos jogadores quando o Sampaio quase abriu o placar aos 29. Pimentinha lançou Guilherme Lucena, que soltou uma bomba de primeira. Felipe se esticou todo e fez boa defesa, espalmando para escanteio.

O jogo era muito fraco tecnicamente, refletindo a campanha ruim realizada pelos dois times até o momento. O Bragantino apostava muitos nas bolas aéreas, mas a zaga do Sampaio Corrêa levava a melhor em todos os lances.

NADA DE GOLS

O Sampaio Corrêa levou um susto antes do primeiro minuto do segundo tempo. Bruno Pacheco foi até a linha de fundo e cruzou para Léo Jaime, que desviou de cabeça pela linha de fundo. A resposta dos donos da casa veio aos sete. Pimentinha recebeu lançamento de Levi e, mesmo no meio de dois adversários, finalizou com muito perigo.

Aos 17, Éder Lima aproveitou falta cobrada para dentro da área e completou de carrinho na marca do pênalti, mas a bola subiu muito e foi pela linha de fundo. Impaciente, a torcida maranhense vaiava a cada passe errado dos donos da casa. Pimentinha tentou fazer a jogada individual, foi desarmado e a bola sobrou para Guilherme Lucena, que finalizou nas mãos de Felipe.

Edgar foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro, mas a zaga do Bragantino aliviou o perigo antes que a bola chegasse em Pimentinha. Aos 42 minutos, Léo Gago cobrou falta com curva e, na segurança, Felipe socou para longe.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo no próximo sábado pela sexta rodada. O Sampaio Corrêa recebe o Ceará, às 16 horas, no Castelão, em São Luis, e o Bragantino enfrenta o Atlético-GO, às 21 horas, no Serra Dourada, em Goiânia.

 

Fonte: Futebol Interior