Rei Zulu passa por cirurgia em São Luís-MA

O Rei Zulu, de 73 anos, passou por uma cirurgia de implantação de prótese no quadril. O procedimento, que durou 10 horas, foi realizado no Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO).

Está tudo bem com a lenda do Vale Tudo e ele já está em casa, se recuperando.

Casimiro de Nascimento Martins, conhecido por Rei Zulu, (São Luís, 9 de junho de 1947) é um lutador de vale-tudo brasileiro especialista na luta tradicional maranhense Tarracá[1]. É pai do também ex-lutador Zuluzinho.

Rei Zulu ficou famoso por viajar o Brasil inteiro, desafiando lutadores do Brasil e de outras partes do mundo. Em 1980, depois de 17 anos de competição, Rei Zulu havia apenas sido finalizado por Euclides Pereira por uma guilhotina após aproximadamente 150 lutas, conforme alegações. Foi então que, Rei Zulu lançou um desafio à família Gracie para provar quem era o melhor lutador de vale-tudo do Brasil.

O invicto Rickson Gracie lutou com Rei Zulu em um combate televisionado histórico no Brasil. Em uma luta dura, Rei Zulu perdeu para Rickson Gracie por finalização. Em um reencontro poucos anos depois, Rei Zulu foi derrotado novamente por finalização. Porém, no dia 30 de Novembro de 1984 Rei Zulu alcançou sua maior vitória sobre o competidor Sérgio Batarelli, lutador de kickboxing, no evento JJ vs MA-Jiu-Jitsu vs Martial Arts.

Rei Zulu já era considerado uma figura lendária em MMA (Mixed Martial Arts) e continuava a lutar. Em 1990, foi derrotado por nocaute por James Adler. Em 6 de Abril de 2000 no Piauí, Brasil, em um combate televisionado, Rei Zulu, com 55 anos de idade, perdeu para o lutador de Kung Fu Wellington Dourado. Rei Zulu perdeu o combate quando foi empurrado, por Wellington para fora do rigue, batendo a sua cabeça no chão e desmaiando. Tendo posteriormente Zulu alegado que isso foi ilegal e Wellington deveria ser desqualificado.

Porém Rei Zulu continuou a lutar, pois esta é a unica profissão que ele conhecia. Em 2007, aos 62 anos, Rei Zulu teve três lutas no Brasil e venceu todas elas por nocaute. Ele também foi instrutor de seu filho Zuluzinho.

Em 7 de Fevereiro de 2008, em uma entrevista para Sherdog.com, Rei Zulu disse que vai continuar a lutar. Ele espera ainda lutar com antigos lutadores americanos como Skip Hall (MMA), e o campeão de pesos pesados da UFC Dan Severn, um dos poucos lutadores que ultrapassaram a marca de 100 lutas (91-16-7).

Em 6 de Julho de 2008, Rei Zulu, aos 63 anos, perdeu por desclassificação no 1º round para Santos Samurai no Desafio de Giantes 10 no Brasil.