Por nota, jogadores do Cordino esclarecem caso de afastamento

Após o goleiro Cafuné se defender sobre a postagem “Por indisciplina, Cordino afasta quatro jogadores”, o meia João Cleber Índio também entrou em contato com o site, e por nota esclareceu o ocorrido. Índio também falou que o Adriano já foi reintegrado ao elenco, mas ele (Índio) não volta mais.

Confira na íntegra o depoimento do meia do Cordino.

“Primeiramente, não estou na casa dos atletas. Minha mulher está na cidade de Barra do Corda e na sexta-feira eu estava em casa com ela. Tenho 10 anos de carreira e nunca tive problemas com bebibas ou algo do tipo. Tenho muito profissionalismo. Fui afastado do time, sem ao menos o treinador (Marlon) falar diretamente comigo e falar o real que fui afastado. Os verdadeiros jogadores que estavam bebendo, que não vale a pena citar, estão jogando, inclusive Adriano que também estava afastado já está reintegrado no time. E eu que fiz minhas obrigações estou sendo mais que injustiçado! Tenho um nome a zelar, não sou moleque e o treinador sabe muito bem disso. E na sexta-feira o goleiro Cafuné se encontrava no hospital e tem como provar” .

Após a informação que quatro jogadores do Cordino foram afastados do elenco por causa de bebida, o goleiro Cafuné usou as redes sociais para se defender. Em sua resposta à publicação “Por indisciplina, Cordino afasta quatro jogadores”, o arqueiro se defende. “Estão falando que eu fui dispensado por causa de bebida antes do jogo é mentira. Quem estava bebendo era os jogadores de fora, sexta-feira, na casa dos atletas. Tem até mulher dormindo lá. Dentro do ônibus estavam quase todos bêbados”, disse Cafuné em sua defesa ao site, através do Facebook.

O arqueiro mais outros 3 jogadores foram afastados do elenco na última segunda-feira e não jogarão as outras duas partidas que ainda restam na primeira fase para o Cordino. No sábado, a Onça recebe o Sampaio e dia 28 joga contra o Cavalo de Aço, em Imperatriz.

Por telefone, o atacante Niltinho, que mora na casa dos atletas, disse que não tinha ninguém bebendo na casa onde reside os jogadores.

Fonte: Barra Esportes