Maranhão Esportes|Esporte Maranhense

Moto Club é contra modelo de divisão das cotas de TV do Maranhense

Moto Club de São Luís não concorda com o modelo de divisão das cotas de TV do campeonato maranhense 2018 adotado pela FMF.
Sabemos que o valor repassado aos clubes foi de 800 mil reais, 100 mil a menos do que foi no ano passado que era 900 mil reais.
Defendemos que o mais justo seria dividir esses 100 mil reais que diminuíram, entre os 08 clubes que disputam o campeonato maranhense da série A. O que daria um valor de 13.215 mil reais para cada clube. Porém, para a nossa surpresa, diminuíram 50 mil reais do Moto, enquanto de outros clubes diminuíram apenas 20 mil reais. Além disso, para nossa surpresa, aumentaram em 45 mil reais o valor do Cordino sem nenhuma explicação plausível, pois até no ranking da CBF o Moto Club ocupa a 66º posição, enquanto que o Cordino está na  posição de número 157. Vale ressaltar que o ranking da CBF é que regula todas as competições nacionais, onde os clubes disputam os campeonatos estaduais para terem acesso à elite do futebol nacional.
Portanto, o Moto é contra esse modelo aplicado e vai buscar os seus direitos para que o clube não seja mais uma vez prejudicado pela FMF.
Natanael Júnior
Presidente em exercício do Moto Club de São Luís