Maranhense se destaca nas categorias de base do Fortaleza

Está de recesso em São Luís até o dia 18 de janeiro o garoto maranhense bom de bola, que tem feito a diferença nos gramados cearenses. Ele é João Pedro, 15 anos, promessa para futebol brasileiro. É da periferia de São Luís, e tem dado o que falar nas categorias de base do Fortaleza Futebol Clube, ali pertinho de Rogério Ceni, técnico do time profissional.

“Maranhão” como é chamado por lá, ingressou no clube em meados de 2018, sendo destaque em todas as competições que participa, e tem se tornado peça fundamental nas estratégias técnicas e táticas do Leão. Assim que vestiu a camisa do Fortaleza, passou a usar a braçadeira de capitão pela raça e garra apresentadas dentro de campo.

De peladeiro de fundo de quintal na casa dos avós, no Bairro Coroadinho, periferia da cidade, João Pedro teve formação na escolinha da Ponte Preta Ludovicense, e passagem rápida pelo Grupama. Seu potencial diferenciado despertou um olheiro, e por meio deste chegou a capital cearense, enquadrando-se no time alencarino no mês de agosto, ajudando nas conquistas de dois títulos: a Copa Metropolitana e Copa Seromo, ambas no Sub 14.

Com atuação impecável em todas as posições designadas pelo treinador [por último como volante], o garoto tem mostrando serviço, e até feito gols, dando assim, trabalho aos adversários e alegrias à torcida leonina. Suas habilidades, inclusive, já despertam olhares de outros campos, que vêem no atleta adolescente um futuro promissor.

Este ano na Copa Seromo Sub 15, que acabou no início de julho, o Fortaleza perdeu nos pênaltis, porém João Pedro foi eleito o melhor da competição, levando a chuteira de ouro. Nas demais competições, apesar do time não ter tido um bom desempenho, o jogador maranhense fez a parte dele, e também brilhou, a ponto de ter sido indicado a melhor do ano na sua categoria, ficando entre os três melhores.

Em pouco mais de um ano, o menino talentoso tem colecionado várias honrarias por sua atuação de verdadeiro guerreiro dentro de campo.

Com a fome de bola que tem, e dando o melhor de si dentro das quatro linhas, somando-se a isso o disciplinamento exemplar, João Pedro, “Maranhão” tem perfeitas condições, de em breve, pintar nos gramados pelo Brasil, e até conquistar o Mundo.

Fonte: Adilson Carlos