Esportes radicais podem ser incorporados aos JEMs

Representantes do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), e da Associação Maranhense dos Estudantes Secundaristas (Ames), estão discutindo a incorporação de esportes radicais nos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), maior competição esportiva estudantil do estado.

Durante encontro, realizado esta semana, os representantes da Ames colocaram em pauta a crescente prática do skate, bicicross, patins e slackline por parte dos estudantes maranhenses e a necessidade de integração desses esportes radicais nos JEMs.

“A cada ano observamos que a inclusão de novas modalidades nos Jogos Escolares é fundamental para acompanhar a prática de esporte da atual juventude. Para isso, vamos reformular os JEMs, em um processo amplo de discussões, articulando essas propostas com gestores, técnicos e todos os profissionais que realizam os jogos”, disse o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Márcio Jardim.

De acordo com o diretor de Escolas Técnicas da Ames, Arthur Mendes, o Maranhão é uma potência em esportes radicais e, a incorporação, vai contribuir para o desenvolvimento dos atletas apaixonados por essas modalidades. “Nossa proposta foi bem acolhida pelo secretário Márcio Jardim e estamos felizes pela realização do encontro. Sabemos do compromisso da Sedel em ampliar o acesso ao esporte e incentivar os atletas locais, por isso buscamos este apoio”.