Dakar 2023 – Com quatro vitórias consecutivas, Marcelo Medeiros conclui na nona posição entre os quadriciclos

Marcelo Medeiros, piloto da TAG Racing, encerra sua participação no 45° Dakar, ficando no nono lugar Quadriciclos FIM. Mesmo com o feito histórico de quatro vitórias das 14 etapas do evento, e com penalidades aplicadas por não ter completado a terceira especial, o maranhense finalizou a competição com 86h47min55seg.

Neste domingo, 15, o titular da Yamaha Raptor 700, #159, completou os 164 quilômetros do trecho cronometrado, entre Al-Hofuf e Dammam, em 01h44min27, o terceiro mais rápido do dia. O Dakar teve início no domingo, 01 de janeiro e prosseguiu até este domingo, 15 de janeiro, com chegada em Damman, no Golfo Pérsico.

Vencedor da penúltima etapa, Medeiros foi o primeiro a partir entre os quadriciclos. Já sabendo da diferença de mais de 28 horas do líder da competição, o francês Alexandre Giroud (que venceu o Dakar), o maranhense garantiu uma pilotagem segura e conservadora para cruzar bem a linha de chegada.

“Foi um rali diferente e a sensação é de vitória. Eu comecei com um grande prejuízo logo na primeira etapa, perdendo cinco posições, devido aos trechos de pedras e cascalho e algumas paradas para ajustes mecânico no quadriciclo. No segundo dia, com chuva e bastante frio, muita pedra novamente e uma queda quase na chegada fez com que não completasse a prova. Mas não desisti, estava muito bem preparado e consegui vir tirando a diferença a cada etapa. Na fase final consegui colocar em prática o que treinei o ano todo, foram quatro vitórias em uma disputa muito boa com os primeiros colocados até a última etapa. De qualquer forma, termino este Dakar com o espírito de dever cumprido”, declara o maranhense que fez a sua quinta participação no Dakar.

Na última especial deste Dakar, o percurso entre Al-Hofuf e Dammam foi dominado por pisos de terra firme, intercalados por areões à beira mar praticamente sem dunas, e quase sem variação altimétrica. Dois longos percursos, quase em linha reta. Os competidores puderam aproveitar ao máximo uma pilotagem prazerosa e os belos cenários do caminho que levou à costa do Golfo Pérsico. O palco para o pódio final foi às praias de Dammam.

O piloto da TAG Racing e seu Yamaha 700 enfrentaram, durante estas duas primeiras semanas do ano, a um total de 8.500 quilômetros, dos quais 4.500 quilômetros foram especiais cronometrados e o restante divididos entre trechos iniciais e finais de deslocamento.

Marcelo Medeiros realizou a segunda participação consecutiva na Arábia Saudita, no ano passado completou em sexto, vencendo três etapas. O piloto pentacampeão do rali do Sertões conta com outras três participações no Dakar, quando a competição aconteceu na América do Sul. Em sua estreia, em 2016, e no ano seguinte o maranhense não finalizou a prova. Em 2018, ficou em quarto lugar entre os quadriciclos. Agora, em 2023, completou na nona posição, com quatro vitórias consecutivas, da 10ª a 13ª etapas.

CAMPEÕES DE 2023

Entre as motos, o campeão foi o argentino Kevin Benavides e Alexandre Giroud (França) assegurou o segundo título do Dakar 2023 nos quadriciclos. Nos carros, Nasser Al Attiyah (Catar) e seu co-piloto, Mathieu Baumel (França), conquistaram o quinto título do Dakar. Já nos Caminhões, o título ficou com o trio Janus Van Karteren (Holanda), Darek Rodewald (Polônia) e Marcel Snijders (Holanda). E na classe SSV, Eryk Goczal (Polônia) e Oriol Mena (Espanha).

O Dakar 2023 soma pontos para o Campeonato Mundial de Rally Cross Country (FIA e FIM). Mais informações: www.dakar.com e App Dakar Rally 2023.

Marcelo Medeiros conta com patrocínio do Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo Estadual ao Esporte com a empresa Centro Elétrico, no Dakar 2023.

RESULTADO 14ª ETAPA – QUADRICICLOS FIM

1) #162 Laisvydas Kancius (LTU), Story Racing, 01h36min16

2) #163 Pablo Copetti (USA), Del Amo Motorsports By Motul, 01h42min21

3) #159 Marcelo Medeiros, BRA, TAG Racing, Yamaha Raptor 700, 01h44min27

4) #153 Juraj Varga (SVK), Varga Motorsport Team, 01h45min13

5) #164 Toni Vingut (ESP), Visit Sant Antoni – Ibiza, 01h48min32

6) #151 Alexandre Giroud, FRA, Yamaha Racing, SMX – Drag’on, Raptor 700, 01h51min12

7) #154 Francisco Moreno Flores (ARG), Drag´On Rally Team, 01h54min03

8) #166 Giovanni Enrico (CHL), Enrico Racing, 01h55min38

9) #158 Carlos Alejandro Verza (ARG), Verza Rally Team, 02h04min12

10) #169 Alejandro Fantoni (ARG), Drag’on, 05h16min15

CLASSIFICAÇÃO GERAL (APÓS 14 ETAPAS)

QUADRICICLOS FIM

1) #151 Alexandre Giroud, FRA, Yamaha Racing, SMX – Drag’on, Raptor 700, 56h44min30

2) #154 Francisco Moreno Flores (ARG), Drag´On Rally Team, 57h27min41

3) #163 Pablo Copetti (USA), Del Amo Motorsports By Motul, 58h37min25

4) #153 Juraj Varga (SVK), Varga Motorsport Team, 59h35min52

5) #166 Giovanni Enrico (CHL), Enrico Racing, 61h41min41

6) #164 Toni Vingut (ESP), Visit Sant Antoni – Ibiza, 65h22min32

7) #162 Laisvydas Kancius (LTU), Story Racing, 76h00min23

8) #158 Carlos Alejandro Verza (ARG), Verza Rally Team, 81h35min00

9) #159 Marcelo Medeiros, BRA, TAG Racing, Yamaha Raptor 700, 86h47min55

10) #169 Alejandro Fantoni (ARG), Drag’on, 94h47min16

Não completaram:

11) #152 Manuel Andujar (ARG), 7240 Team

12) #155 Kamil Wisniewski (POL), Orlen Team

13) #167 Abdulaziz Ahli (ARE), A.Ahli92Racing

14) #156 Zdenek Tuma (CZE), Barth Racing

15) #170 Xavier Verbeke (FRA), Happyness Racing

16) #171 Daniel V. Vaques, Dv4 Powered By Motul, Raptor 700

17) #160 Axel Dutrie (FRA), Drag’on Rally Service

18) #165 Sebastien Souday (FRA), Team All Tracks

Foto:(Marcelo Machado de Melo / Fotop