COPA DO NORDESTE:Com chances remotas de classificação, Moto Clube busca a vitória diante do Piauí

Em um jogo com cara de amistoso de luxo, Moto Clube e Piauí (PI) se enfrentam hoje, às 22h, no Castelão, pela última rodada da fase classificatória da Copa do Nordeste. O Papão tem chances muito remotas de classificação: além de vencer, terá de torcer por uma série de combinações, até de outros grupos, para ser, no mínimo, um dos três melhores segundos colocados. O Enxuga Rato, por sua vez, em último lugar no grupo, apenas cumpre tabela. No jogo de ida, os dois times ficaram no 0 x 0.

O Moto é o terceiro lugar do grupo C, com cinco pontos, atrás de Náutico (PE), com sete, e Salgueiro (PE), com seis. Na rodada final, para ser o primeiro, o Rubro-Negro precisará vencer o Piauí, com apoio de sua torcida no Castelão, por mais de três gols de vantagem e torcer para que aconteça um empate entre Salgueiro e Náutico. O time maranhense tem dois gols negativos de saldo, e o Náutico um gol positivo. Para ser um dos três melhores terceiros, o Moto também necessitará vencer e torcer para que, nos outros grupos, não haja mais de dois times com contagem superior a oito pontos.

Para o desafio de hoje, o técnico do Moto, Filinto Holanda, não levará a campo os jogadores não totalmente recuperados de lesão: o meia Felipe Costa, o lateral direito Diego Renan e o atacante Pedro Gusmão. Já o atacante Naôh, artilheiro do time na temporada, foi liberado pelo departamento médico do clube e pode reaparecer no time titular no lugar de Vavá, que, apesar de ter dado a vitória ao Rubro Negro sobre o São José por 2 x 0, domingo, pelo Estadual, não vem agradando.

Preocupado – Ao mesmo tempo em que preparava a equipe para o último confronto pela Copa do Nordeste, hoje, contra o Moto Clube, o técnico do Piauí, Paulo Moroni se mostrou preocupado com a condição física do elenco para o restante da temporada. Ao todo, nove jogadores devem receber cuidados especiais para não terem complicações médicas nas próximas partidas. Exceto Fabiano, que retorna de contusão, os demais atletas não apresentam problemas considerados graves, mas exigem acompanhamento especial.

Se, por um lado, o confronto pode ser considerado um amistoso de luxo, por outro, abre a chance para se avaliar os outros atletas do Enxuga Rato. “É uma possibilidade bem real de aproveitá-los”, frisou o comandante do Enxuga Rato.

Moto

Edson Pacujá, Luís Fernando, Rodolfo e Rodrigo Fernandes; Davyd, Felipe Dias, Wanderley e Ideilson; Henrique e Vavá.

Técnico – Filinto Holanda

Piauí

David; Jorginho, Rafael, Bruno e Tiaguinho; Gasolina, Binha, Dalton e Darley; Silas e Cláudio

Técnico – Paulo Moroni

Fonte: O Estado do MA