COPA DO BRASIL: Imperatriz enfrenta o Fortaleza no Frei Epifânio

Na briga pela classificação na Copa do Nordeste, favorito no Cearense, oFortaleza quer fazer valer sua força também na Copa do Brasil, competição que fará sua estreia nesta quarta-feira, às 21h45, no Frei Epifânio, diante do Imperatriz. A equipe maranhense é considerada azarão para o confronto.

Para o Imperatriz, o sonho é levar o jogo para Fortaleza, já que a classificação é considerada muito remota. Já o Tricolor só pensa na vitória, pois qualquer eliminação poderá custar muito caro.

TRICOLOR VIAJOU!
O Fortaleza está em alta com a sua torcida. Vindo de três vitórias consecutivas – contando a Copa do Nordeste –, sendo uma delas contra o Ceará, seu maior rival, o Leão da Pici enfrenta nesta quarta-feira o Imperatriz. Se vencer por dois gols ou mais, o time de Marquinhos Santos está classificado precocemente da competição.

Os jogadores que iniciaram a partida contra o Ceará, no último domingo, fizeram uma atividade regenerativa, com exercícios na academia, sob orientação do preparador físico Celso Santos, e sessões de crioterapia. Os goleiros Erivelton e Max Walef fizeram trabalho à parte com os preparadores Guto Albuquerque e Paulo Santiago.

Já o restante do elenco tricolor participou de treino físico-técnico no campo, sob comando do preparador físico Glydiston Egberto e do auxiliar técnico Edison Borges e observado pelo técnico Marquinhos Santos. Os meias Elias e Daniel Sobralense, recuperados de lesões, participaram normalmente da atividade com os companheiros.

O lateral-direito Moacir e os volantes Correa (fratura no antebraço esquerdo), Dudu Cearense (dores no músculo adutor da coxa direita) e Guto (estiramento muscular) seguem em tratamento fisioterápico e sob cuidados do departamento médico. Já o zagueiro Leonardo Luiz e o atacante Eduardo serão liberados para iniciar o período de transição, com trabalhos físicos.

IMPERATRIZ DEFINIDO?

Mais do nunca, o torcedor do Imperatriz precisará contar com o goleiro Raphael Barrios nesta quarta-feira na partida frente ao Fortaleza. O jogador é a principal referência da equipe, que tenta se classificar à segunda fase da Copa do Nordeste.

Disputando apenas a Copa do Nordeste, o técnico Pedrinho Rocha mudou praticamente todo o time titular após o Campeonato Maranhense. O clube acabou eliminado ainda na primeira fase do primeiro turno do campeonato estadual. Ainda com as trocas, quem se manteve intacto na posição foi o lateral esquerdo Edson, titular absoluto nesta temporada.

Com mais de duas semanas para trabalhar, o elenco voltou a campo na última quinta-feira e sofreu uma sonora goleada por 3 a 0 contra o Campinense, ainda na fase de grupos da Copa do Nordeste. O placar ligou a luz de alerta no clube, que agora precisa do triunfo, novamente em casa, para não perder a confiança do torcedor. Até por isso, o treinador não deve mexer no time titular.

 

Fonte: Futebol Interior