Maranhão Esportes|Esporte Maranhense

Com apoio do Governo do Maranhão, Campeonato Maranhense 2023 deve atrair cerca de 100 mil torcedores aos estádios

Nesta quarta-feira (11), no Estádio Nhozinho Santos, com o apoio do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer, aconteceu a abertura do Campeonato Maranhense 2023, que conta com a participação de oito clubes de futebol das cidades de São Luís, Barra do Corda, Tuntum e Pinheiro. 

A previsão é que aproximadamente 100 mil pessoas compareçam aos estádios, ao longo de toda a competição. Inscritos nesta temporada, o Cordino, IAPE, Chapadinha, São José, Sampaio, Moto, Pinheiro e o Maranhão participaram das rodadas que devem acontecer nos estádios Nhozinho Santos e Castelão, em São Luís; Rafael Seabra, em Tuntum; Leandrão, Barra do Corda.

A competição ocorre em dois turnos. No primeiro turno, ocorre a primeira, segunda e terceira fase classificatória. No segundo turno, acontecerá a primeira fase classificatória, a semifinais e a terceira fase (final). A previsão do encerramento da seminafinais desta edição está para o dia 18 ou 19 de março de 2023. Já a final está prevista entre o dia 1 a 9 de abril. 

“Mais uma vez, o Governo do Estado dá total apoio, por meio do nosso governador Carlos Brandão. São oito times participando, entre equipes da capital e do interior, tendo o Castelão com várias novidades como a iluminação em led, que em breve será inaugurada. A cada dia, o Governo fomenta ainda mais o esporte maranhense”, afirmou o secretário de Estado do Esporte e Lazer, Naldir Lopes.

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo, fala da expectativa quanto ao retorno das torcidas aos estádios em incentivo aos clubes, e da parceria do Governo do Maranhão na realização da competição.

“Este é o 103º Campeonato Maranhense e a nossa expectativa é a de que, passado este momento de pandemia, a torcida volte aos estádios, que venham apoiar seus clubes. Os clubes também contam com a ajuda sempre bem-vinda do Governo do Estado, já recebemos a sinalização do governador Carlos Brandão”, afirmou o presidente da FMF.