Clubinho de Xadrez do Núcleo de Altas Habilidades da Prefeitura de São Luís participa do Circuito de Xadrez Escolar

O Clubinho de Xadrez do Núcleo de Estudantes com Características de Altas Habilidades e Superdotação (NEECAHS) da Prefeitura de São Luís participou, neste sábado (31), no Colégio Universitário (Colun), Bacanga, da VI Etapa do Circuito Ludovicense de Xadrez Escolar, que reúne escolas das redes públicas municipal e estadual e privada da capital. A participação na competição é mais uma ação desenvolvida no núcleo, parte da política educacional da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Estão inscritos no Clubinho de Xadrez 25 estudantes Ensino Fundamental, na faixa etária de 8 a 15 anos de idade, das Unidades de Educação Básica (U.E.Bs.) Justo Jansen, Bandeira Tribuzzi, Miguel Lins, Alberto Pinheiro, Rosário Mina, Carlos Madeira e Maria do Carmo, nos turnos matutino e vespertino. Para o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, “a prática desse tipo de atividade potencializa outras áreas do conhecimento, enriquece a vivência escolar do estudante e fortalece a memória, além de integrar as ações educacionais da gestão do prefeito Edivaldo”, pontuou.

“Os alunos da rede municipal inscritos no NEECAHS participam desde o ano passado do Circuito e com resultados que já renderam muitas medalhas”, observou a coordenadora do Núcleo de Altas Habilidades, Sandreliza Mota. O professor da rede e instrutor de xadrez no núcleo, Marcos André Freires, informa que vem novidade. “Vamos colocar em prática o projeto Xadrez Itinerante, previsto pra iniciar em setembro. Será realizado nas escolas municipais de São Luis e tem como objetivo prospectar estudantes com altas habilidades ou superdotação nas áreas de raciocínio lógico e promover o aprendizado de xadrez como forma de exercitar o cérebro e melhorar o rendimento escolar”, disse.

Maria Jose Silva Gonçalves, autônoma, é mãe de Carlos Gabriel, 11 anos, estudante da U.E.B. Carlos Madeira, disse que o xadrez só trouxe mudanças positivas na vida do filho. “A prática do xadrez é ótima para Carlos Gabriel. Ele mesmo fala que já evoluiu muito em matemática, que mexe com a mente e desenvolve a sabedoria dele”, pontuou. Houve distribuição de medalhas para todos os participantes das categorias Sub 8 e Sub 10 e medalhas até o quinto colocado das demais categorias.