Cinco documentários sobre esportes disponíveis nos serviços de streaming

Com a suspensão ou adiamento das temporadas esportivas de 2020, os fãs do esporte buscam outras formas de manter contato com seus ídolos e permanecerem mais perto das suas modalidades preferidas. Uma das formas de acompanhar este universo durante o isolamento social necessário para conter o avanço do novo coronavírus é assistir os documentários esportivos disponíveis nos serviços de streaming. São histórias cativantes que, independente do universo esportivo onde foram ambientadas, atraem o interesse de qualquer espectador.

Abaixo estão algumas sugestões para os fãs de esportes, desde documentários que narram a carreira do ídolo do basquetebol Michael Jordan e de ícones do futebol, até a cultura das artes marciais e as aventuras extremas de feras dos esportes radicai

Fightworld (2018)

Para os fanáticos por lutas, “Fightworld” é uma das melhores sugestões entre os documentários esportivos da atualidade. A produção americana, apresentada pelo ator e entusiasta de artes marciais, Frank Grillo (“Capitão América: Guerra Civil”), explora as diversas técnicas de combate presentes na cultura de diferentes países. Em cada episódio, é possível conhecer o mundo distinto dessa disciplina e seus dos seus praticantes, desde lutadores de Krav Maga, em Israel, até boxers de Muay Thai, na Tailândia.

A série conta do catálogo da Netflix em sua primeira temporada, com cinco episódios.

The Last Dance (2020)

A série documental “The Last Dance” (“Arremesso Final”, no Brasil) conta uma parte importante da carreira vencedora de Michael Jordan, considerado por muitos o melhor jogador de basquete profissional de todos os tempos. A história da sua última temporada no Chicago Bulls tornou-se uma lenda, que agora ganha novamente os holofotes nesta coprodução da ESPN Films e Netflix. The Last Dance revela entrevistas e imagens inéditas dos bastidores do time de Chicago, depois de vencer dois títulos consecutivos da NBA.

A primeira temporada, já disponível na Netflix, conta com 10 episódios.

Pistorius (2018)

O documentário “Pistorius” mostra a vitoriosa carreira do sul-africano Oscar Pistorius, ganhador de seis medalhas de ouro paralímpicas, em paralelo ao crime passional cometido pelo ex-atleta, em 2013. O velocista, também conhecido como “Blade Runner”, foi o único a competir nas Olimpíadas tradicionais e nas Paralímpiadas, nos jogos de Londres-2012. A série reúne imagens, fotos, entre outros documentos sobre o lamentável fato, e oferece um olhar privilegiado sobre o julgamento de Oscar Pistorius, que atualmente cumpre pena na África do Sul. A produção traz também algumas referências sobre o ‘Apartheid’, regime de segregação racial que ocorreu no País entre 1948 e 1994.

A série é dividida em quatro episódios e faz parte do catálogo da Amazon Prime Video.

All or Nothing: Manchester City (2018)

A série esportiva “All or Nothing” mostra os bastidores de um dos clubes mais famosos do futebol internacional, o Manchester City. O documentário ofere aos espectadores uma visão completa da temporada 2017-2018 da English Premiere League, passando pelas eliminatórias da Champions League, por meio de entrevistas com jogadores e membros da comissão técnica, inclusive mostrando quão detalhista é o trabalho do técnico Pep Guardiola.

Narrada pelo ator britânico Ben Kingsley, Oscar de Melhor Ator pelo papel de Mahatma Gandhi, a primeira temporada da série conta com 8 episódios, e pode ser vista no serviço de streaming Amazon Prime Video.

Ainda no mundo do futebol, a Netflix está preparando uma série documental sobre o atacante do Internacional e da Seleção do Peru, Paolo Guerrero. O futebolista terá sua história contada em “Depredador”, com previsão de estreia para 2021. O CEO da Netflix, Reed Hastgings, disse que grandes histórias podem surgir em todos os lugares do mundo. “Estamos convencidos de que, produzindo nossos primeiros títulos originais, nos aproxima ainda mais da comunidade do Peru”, completou.

Magnetic para Poucos (2018)

O documentário mostra atletas intrépidos que se aventuram em locais remotos de todo o mundo, capturados através da mais moderna tecnologia de câmeras. “Magnetic Para Poucos” transporta os fãs de esporte radicais e aventuras, desde as florestas dos Alpes franceses até as águas turquesa do Taiti, dos picos imponentes do Paquistão às ondas colossais de Portugal. Em meio a um visual deslumbrante os espectadores acompanham profissionais do surf, mountain bike, snowboard, windsurf, esqui e outros esportes, em sua eterna busca pelo momento perfeito.

Magnetic para Poucos tem 1h55m de duração e está disponível no catálogo da Netflix.