Beach Soccer: Sampaio Corrêa é valente, mas sofre revés na Conmebol Libertadores

O Sampaio Corrêa enfrentou o Presidente Hayes-PAR na noite desta quinta-feira (7), na Arena Pynandi, em Luque, na Grande Assunção, pelas quartas de final da Conmebol Libertadores de Beach Soccer 2023, na reedição da última decisão do torneio continental. Em uma partida emocionante e cheia de gols, a Bolívia Querida lutou bastante diante da equipe paraguaia, mas foi superada por 7 a 5. Datinha (2), Gerlan, Netinho e Sikinha marcaram os gols do Sampaio.

No duelo entre dois dos principais candidatos ao título da Conmebol Libertadores de Beach Soccer 2023, o Sampaio Corrêa, que conta com o apoio do Governo do Maranhão por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel) e do Grupo Mateus, tentou impor o seu jogo ofensivo, porém, o Presidente Hayes se fechou bem e abriu vantagem de 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Durante o segundo tempo, a Bolívia Querida conseguiu furar a defesa paraguaia e chegou a empatar o jogo em 4 a 4, entretanto, a equipe anfitriã aproveitou melhor suas chances na sequência da partida e garantiu a vitória na Arena Pynandi.

Mesmo com a derrota para o Presidente Hayes nas quartas de final, o Sampaio Corrêa ainda terá mais dois compromissos pela Conmebol Libertadores de Beach Soccer 2023. A Bolívia Querida encara o Camba Pizzero-CHI na noite desta sexta-feira (8), às 20h45, na Arena Pynandi, pela disputa do 5º ao 8º lugar na competição continental.

O jogo

Atual campeão da Conmebol Libertadores e jogando em casa, o Presidente Hayes tomou a iniciativa diante do Sampaio Corrêa e abriu o placar logo aos dois minutos, em um chute de longa distância do goleiro Kosharnyi. A Bolívia Querida tentou reagir, mas o time paraguaio se defendeu bem e ampliou a vantagem aos cinco minutos, com Enzo Cáceres, em tiro livre direto.

Determinado a buscar a virada, o Sampaio Corrêa voltou para o segundo tempo com uma postura mais agressiva e marcou seu primeiro gol aos 45 segundos, com um belo voleio de Datinha. O Presidente Hayes reagiu rápido e chegou ao terceiro gol com Ponzetti, porém, o Sampaio voltou a balançar as redes em cobrança de pênalti de Gerlan e se manteve vivo no jogo.

No decorrer do segundo tempo, os ataques das duas equipes continuaram eficientes. Após Kotenev marcar o quarto gol do Presidente Hayes aos dois minutos, o Sampaio Corrêa buscou o empate com gols de Datinha e Netinho. O time paraguaio, no entanto, fechou o placar do período em 5 a 4, graças a um chute de Medina, a quatro minutos do fim.

Já no terceiro e último tempo, o Sampaio Corrêa teve o domínio completo das ações diante do Presidente Hayes e criou várias oportunidades de gol, que foram travadas pela defesa paraguaia. Medina, em tiro livre direto aos quatro minutos, anotou o sexto gol do Presidente Hayes. Sikinha, aos nove, também marcou em tiro livre direto e recolocou o Sampaio no jogo, mas Remizov confirmou a vitória dos donos da casa por 7 a 5.

Foto: Divulgação Conmebol Libertadores