Maranhão Esportes|Esporte Maranhense

Atletas maranhenses embarcam nesta quinta para os Jogos Escolares da Juventude

Depois da vitória durante os Jogos Escolares Maranhenses e Paralimpíadas Escolares Maranhenses (JEMs/ParaJEMs), os atletas das modalidades coletivas embarcarão, nesta quinta-feira (19), para Natal (RN) e disputarão a primeira fase do maior evento estudantil esportivo do Brasil: os Jogos Escolares da Juventude (JEJ).

Exatos 140 passageiros, entre eles: alunos-atletas, oficiais, chefes de delegações, fisioterapeutas e técnicos estarão divididos em três ônibus disponibilizados pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel). Para que a viagem seja mais confortável, o ônibus contará com ar condicionado, TV digital e Wi-fi.

Quem não aguenta de ansiedade é o atleta Pedro Oliveira, de 14 anos, da Escola Moacir Heráclito dos Remédios, que disputará os jogos na modalidade voleibol infantil masculino. O garoto do município de Carutapera, que vai participar do JEJ pela primeira vez, disse que o time está otimista para o próximo desafio.“Estamos muito confiantes, pois temos treinado de segunda a sexta desde que ganhamos os JEMs. Percebo que o meu desempenho e o dos meus colegas têm melhorado muito. O nosso objetivo é fazer bonito lá, para trazer a tão sonhada medalha para casa”, disse o atleta.

O técnico de futsal da categoria infanto masculino, Alajonny Silva, do Instituto Bom Pastor de São Luís, disse que tem trabalhado para que o time fique focado até as disputas dos JEJ.

“Estamos trabalhando duro para trazer essa classificação para o Maranhão. No ano passado fomos campeões na mesma modalidade, na categoria infanto feminino. Este ano, estamos ajustando algumas coisas que deram certo em 2018 e corrigindo as que deram errado”, afirmou o técnico.

Quem disputa pela primeira vez também os JEJ são as meninas do futsal infantil, do município de Nina Rodrigues. A equipe da Escola Municipal Ariston Carvalho de Mesquita faz parte de uma comunidade quilombola.  O técnico Washington Augusto Sousa disse que as expectativas são as melhores.

“É uma grande vitória para essas meninas. Elas fazem parte de uma comunidade quilombola e esta será a primeira vez que muitas irão sair pela primeira vez do Estado. Temos intensificado os treinos, para que elas tenham o melhor desempenho possível durante as disputas”, disse o técnico Washington Augusto Sousa.

Andressa Cardoso, de 12 anos, disse que não espera a hora de estar em Natal e conquistar a vitória para Nina Rodrigues. “Minhas colegas e eu estamos bem animadas com a competição. Lá, com certeza, iremos enfrentar adversárias mais fortes, mas estamos nos preparando para vencer”, falou a garota de forma otimista.

Para a chefe de delegação e diretora dos JEMs/ParaJEMs da Sedel, Rosana Motta, as expectativas são as melhores possíveis, devido aos excelentes resultados obtidos durante os Jogos Escolares Maranhenses.

“Estamos muito felizes em saber que 122 atletas estão indo representar Maranhão nos Jogos Escolares da Juventude. Nossas expectativas são as melhores possíveis. Esperamos que os nossos atletas recebam o reconhecimento que merecem, e quem sabe, tragam muitas medalhas para o nosso Estado”, concluiu Rosana Motta.