Alunos de judô do projeto Fórum Jaracaty são graduados

“Aqui não é só a medalha, mas é a formação de caráter”. A afirmação de dona Rosana Campelo, mãe do judoca José Manoel, de 15 anos, reflete com exatidão a importância do projeto social Fórum Jaracaty para a vida de mais de 250 crianças e adolescentes beneficiados por essa iniciativa, que conta com os patrocínios do governo do Estado e da Equatorial Energia, via Lei de Incentivo ao Esporte. Dentre as modalidades esportivas disponibilizadas pelo projeto há mais de uma década, está o judô, que tem revelado atletas de alto rendimento e verdadeiros cidadãos. E, como encerramento das atividades do ano de 2020, nesta sexta-feira (18), foi realizada a solenidade de troca de faixas dos judocas do Fórum Jaracaty. O secretário estadual de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, o executivo de Relacionamento da Equatorial Energia, Luiz Fernandes, e a analista de Responsabilidade Social da Equatorial Energia, Jeane Pires, prestigiaram o evento.

“Ao ver o meu filho graduado para a faixa roxa, percebo que está chegando a hora da colheita. Colhemos o que plantamos e, hoje, o sentimento é o de dever cumprido, principalmente quando se trata de mãe para filho, porque ele está evoluindo, se desenvolvendo. O Fórum Jaracaty se preocupa com formação de cidadãos, com a socialização. Aqui, todos são iguais. Aqui não é só a medalha, mas é a formação de caráter. Isso é importante e, com humildade, eles conseguem se desenvolver cada vez mais”, explicou dona Rosana.

A graduação representa a evolução de cada atleta na modalidade e, para quem os acompanha diariamente, é o resultado de que todo o esforço valeu à pena. “Tenho muito orgulho de cada um dos meus alunos. É algo muito sensível porque é um esforço seu sobre aquilo que você sabe para que possa fazer a diferença nas vidas de outras pessoas. O que resume toda essa história, essa luta, é a importância de você cuidar desses jovens, para que eles possam ter uma vida melhor”, afirmou o sensei Ítalo Nunes.

O Fórum Jaracaty tem se dedicado a transformar as vidas de crianças e jovens carentes que moram nos bairros do Jaracaty, Ilhinha e Liberdade, por meio de atividades esportivas e lúdicas. Atualmente, além do judô, o projeto disponibiliza aulas de tênis de mesa, de futsal, de informática, atividades na brinquedoteca e atendimentos de saúde para os alunos.

“Beneficiamos mais de 200 crianças e adolescentes com judô, tênis de mesa, brinquedoteca, informática e agora futsal. É muito gratificante ver que o nosso trabalho está dando resultados. Essa graduação do judô prova que os nossos meninos estão no caminho certo. Se a criança tiver muito talento, vai ser consequência ela se tornar um atleta. Mas aqui, queremos cultivar valores e formar, primeiramente, cidadãos. Por isso que o patrocínio da Equatorial Energia e do governo do Estado é muito importante porque, sem esse apoio, a gente não funciona”, disse Márcia Assunção, diretora do projeto, que lembrou, ainda, que os pais dos alunos também participam de cursos de culinária e de corte e costura, ofertados gratuitamente pelo Fórum Jaracaty.

Lei de Incentivo

A Lei de Incentivo ao Esporte tem uma importância significativa para o projeto do Fórum Jaracaty. Os patrocínios do governo do Estado e da Equatorial Energia são responsáveis em manter toda essa estrutura em pleno funcionamento. Em contrapartida, o retorno social da iniciativa é motivo de orgulho.

“Esse projeto tem uma grande abrangência social e atende a toda essa região do Jaracaty, Ilhinha e Liberdade. Essa é uma oportunidade para os jovens praticarem esporte e terem aula de informática, reforço escolar e atendimento de saúde. Isso mostra a importância do Fórum Jaracaty para a sociedade de São Luís. Aqui, gostaríamos de agradecer, mais uma vez, a parceria da Equatorial Energia que nos possibilita em manter esse lindo projeto”, afirmou o secretário estadual de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira.

Segundo Luiz Fernandes, executivo de Relacionamento da Equatorial Energia, a empresa continuará não medindo esforços para fazer com que o Fórum Jaracaty cresça cada vez mais. “É um imenso prazer participar de um projeto desse. O que a Equatorial Energia puder fazer para ajudar, nós vamos fazer. É importante que essas crianças e jovens não deixem de acreditar porque a luta deles começa bem antes de subir no tatame”, revelou.

Festival de Tênis de Mesa

Nesta sexta-feira (18), também foi realizada a primeira edição do Festival de Equipes de Tênis de Mesa do Jaracaty com a participação dos atletas dos Fórum Jaracaty e mesatenistas convidados. O torneio rendeu aos alunos certificados, que foram entregues pelo secretário estadual de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, e pelo executivo de Relacionamento da Equatorial Energia, Luiz Fernandes.

O projeto

O Fórum Jaracaty é um projeto que atua há quase 12 anos na promoção de um espaço democrático, com inclusão social dos moradores menos assistidos da comunidade do Jaracaty. A iniciativa é patrocinada pelo governo do Estado e pela Equatorial Energia, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Os alunos do projeto participam das atividades sempre no turno inverso da escola e são acompanhados, semestralmente, nas atividades e notas da escola. Paralelo às atividades, oferece capacitação para os pais dos alunos e comunidades entorno do projeto. 

As atividades ocorrem na sede do projeto localizado no bairro Jaracaty. No ano passado, essa sede foi completamente reformada e ampliada, oferecendo mais conforto e novas possibilidades para a comunidade atendida. Essa reforma foi feita pela Equatorial Energia, via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte e contemplou a construção de uma quadra poliesportiva, a troca de piso das áreas de judô e tênis de mesa, entre outras áreas.