Presidente se reúne com Marlon e jogador só sai com pagamento da rescisão contratual

O meia Marlon recebeu na última semana uma proposta do Fortaleza, que demonstrou interesse em contar com o jogador ainda nesta Série B.

O presidente Sergio Frota se reuniu com o atleta, no fim da tarde desta segunda-feira, no CT, e ficou decidido que ele só sairá do clube mediante o pagamento da multa contratual.

“O Marlon é um grande jogador, peça muito importante na nossa equipe, e é natural que desperte interesse de outros clubes. Mas preciso cuidar primeiramente dos interesses do Sampaio. Conversei com o jogador e pus na mesa a nossa posição; se pagarem a multa, duzentos mil reais (que considero baixa, irei até questionar meu departamento de futebol a razão desse valor), não tem como segurar. Só lembrando que esta não é a primeira investida do Fortaleza sobre o jogador, que já teve até um reajuste salarial após a tentativa anterior, e agora parece estar mais tentado a aceitar”, declarou.

Frota ratificou o desejo de contar com o meia até o fim da temporada, e revelou o insistente assédio do Fortaleza nos últimos dias: “A questão não é dinheiro. Deixei bem claro para o Marlon que ele é fundamental para a equipe nesse momento, e o lembrei da status de ídolo  da torcida, que ele conquistou por seus méritos. Sei que a proposta é tentadora, a realidade do futebol cearense é completamente diferente da nossa, o Fortaleza tem uma condição financeira melhor, em número de sócios torcedores, apoio da iniciativa privada, e até se vale dessa situação para assediar constantemente o nosso atleta, mas já expus a posição do Sampaio de não querer negociar. Agora, existe uma legislação esportiva; se o clube interessado pagar a multa e o jogador quiser ir, não poderei fazer mais nada”, sentenciou.

Além da reunião com Marlon, o presidente Sergio Frota ainda se reuniu com o restante do elenco, cobrou uma postura mais aguerrida em campo e ressaltou que confia na recuperação da equipe na competição: “Tive uma conversa franca com o grupo, expressei minha chateação pela última atuação, e cobrei um desempenho melhor já a partir desse próximo jogo. Podemos não ser o melhor time da competição, mas não devemos tanto a todos os outros para estar tão atrás na tabela. Sei que podemos nos recuperar e sigo contando com o apoio do nosso torcedor para nos tornarmos ainda mais fortes”, finalizou.