LBF: Maranhão Basquete perde para o Corinthians/Americana

Por 30 minutos foi difícil, mas o Corinthians/Americana tornou a partida fácil e venceu o Maranhão Basquete. Depois de três períodos de muito equilíbrio no duelo realizado no Ginásio do Centro Cívico, em Americana (SP), a equipe alvinegra foi dominante nos dois lados da quadra durante o período final e fechou a partida com boa vitória pelo placar de 85 a 67.

A Liga de Basquete Feminino (LBF) é uma competição patrocinada pela Bombril e conta com o apoio da Spalding, da Liga Nacional de Basquete (LNB) e chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB).

Põe na conta: Com o resultado desta noite, o Americana agora possui campanha de 11 vitórias em 13 partidas disputadas na LBF (84,6% de aproveitamento). Já Maranhão  também disputou 13 jogos, porém possui apenas cinco triunfos no campeonato (38,4% de aproveitamento).

Na liderança: Com a vitória, a equipe do interior do Estado de São Paulo assumiu a liderança provisória da LBF, com uma vitória e um jogo a mais que Sampaio Corrêa e América de Recife.

Momento chave: Depois de partida equilibrada e placar apertado durante os três primeiros quartos, o Corinthians abriu o quarto derradeiro com corrida de cinco pontos e abriu vantagem de nove pontos importantes para sacramentar a vitória.

Praticamente perfeito: Além do bom início de quarto período, a equipe alvinegra não baixou seu ritmo por um segundo nos dez minutos finais e terminou o quarto com grande desempenho de 23 a 9.

Nome do jogo: Com 20 pontos, seis rebotes e quatro assistências, a pivô Damiris terminou a partida como a grande protagonista da vitória do Americana.

Ajuda gringa: O time do técnico Antônio Carlos Vendramini também contou com bom destaque da armadora argentina Melissa Gretter, com 16 pontos, e da pivô cubana Yayma Boulet, com 14 pontos em 16 tentados.

Por pouco: A armadora Joice, do Americana, terminou a partida com oito pontos, oito rebotes e nove assistências, e flertou com um triplo-duplo na LBF.

Sempre ela: Para a equipe maranhense, destaque mais uma vez para a pivô Clenia Noblet, que dominou a área pintada da quadra e fechou o jogo com 20 pontos e quatro rebotes.

Desfalcado: A equipe alvinegra não pôde contar com a ala Patrícia Chuca que, com uma lesão no joelho esquerdo, está fora da sexta edição da LBF.

E agora: Após a partida desta noite, Corinthians e Maranhão voltam a se enfrentar no Ginásio do Centro Cívico de Americana neste sábado (27/02), às 18 horas (de Brasília).