Campeão brasileiro, Davi Hermes disputará as Paralimpíadas Escolares

O nadador maranhense Davi Hermes está confirmado na delegação do Maranhão que, nesta semana, competirá nas Paralimpíadas Escolares, evento nacional que será realizado a partir de quarta-feira (20) até sexta-feira (22), no CTParalímpico, em São Paulo. Considerado um dos principais talentos do paradesporto brasileiro, Davi, que é patrocinado pelo Grupo Mateus e pelo governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, é uma das esperanças maranhenses para conquistar medalhas para o Estado. Ele chega a esta competição bastante motivado após os excelentes resultados obtidos no Campeonato Brasileiro.

Na semana passada, Davi Hermes já havia sido destaque no Campeonato Brasileiro de Natação, competição promovida pela Confederação Brasileira de Natação de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI). Na ocasião, o garoto de 16 anos garantiu quatro medalhas, sendo uma de ouro (50m borboleta), duas pratas (50m livre e 100m borboleta) e um bronze (100m livre).

Nesta edição das Paralimpíadas Escolares, o nadador maranhense tem a chance de conquistar quatro medalhas. Davi competirá nas provas dos 100m livre, 100m costas, 100m borboleta e 200m livre.

Essa será a terceira participação do maranhense na competição, mas será a primeira em que ele competirá na Classe Down. Nas edições de 2016 e 2017 das Paralimpíadas, por não haver a Casse Down, Davi disputou as provas de natação na Classe S14 e, mesmo assim, obteve bons resultados: bronze nos 100m costas em 2016, ouro nos 50m borboleta, bronze nos 50m livre e 5º lugar nos 50m costas em 2017.

Resultados em 2019

Desde que sagrou-se campeão mundial de natação para Síndrome de Down em 2018, Davi Hermes tem obtidos resultados expressivos. Em junho deste ano, o maranhense brilhou no X Jogos Aquáticos do Ceará da Paranatação onde levou três medalhas: ouro nos 50m livre com direito a recorde Pan-Americano Junior, prata nos 100m borboleta e bronze nos 100m livre.

No mesmo mês, Davi foi muito bem no Meeting Brasileiro de Natação em São Paulo. Subiu no lugar mais alto do pódio nas provas dos 50m e 100m borboleta, além de ficar na segunda colocação nos 50m livre.

Como preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro de Natação, o nadador do Maranhão competiu no Trisome Games das Américas, competição realizada em agosto, no México. Na ocasião, Davi Hermes garantiu duas medalhas de prata: uma no revezamento 4x100m medley misto e outra no revezamento 4x50m medley masculino.

Paralimpíadas Escolares

As Paralimpíadas Escolares 2019 terá a sua cerimônia de abertura nesta terça-feira (19), no Pavilhão Oeste do Anhembi, em São Paulo. As disputas, por sua vez, começam na manhã seguinte e se estenderão até o dia 22, sempre no CTParalímpico. Mais de 1.200 atletas, de todas as unidades da federação, estão inscritos. São Paulo é Estado atual campeão e maior vencedor da história das Escolares, com sete títulos, seguido de Rio de Janeiro (quatro) e Santa Catarina (um).

Doze modalidades estarão em disputa nesta edição das Escolares: atletismo, bocha, basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, judô, natação, parabadminton, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

Diversos talentos do paradesporto brasileiro já passaram pelo evento, como os velocistas Alan Fonteles, ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, Verônica Hipólito, prata no Rio 2016, e Petrúcio Ferreira, recordista mundial nos 100m e nos 200m (classe T47); o nadador Talisson Glock, prata no Rio 2016; o jogador de goalball Leomon Moreno, prata no Jogos de Londres e bronze no Rio 2016; a mesa-tenista Bruna Alexandre, bronze no Rio 2016, entre outros.