A história do Campeonato Maranhense

O Campeonato Maranhense de Futebol 2019 já começou. A atual edição da competição se prolongará até o dia 8 de abril e hoje aproveitamos a deixa para realizar um repasso histórico da competição.

A primeira edição do Campeonato Maranhense se disputou no ano de 1918, conquistada pelo extinto Sport Club Luso Brasileiro, time que viria a vencer as duas primeiras edições do Estadual e oito das primeiras dez. De resto, a história do emblema fundado por um comerciante português ficaria por aí, com extinção em 1927. Daí para cá, sem surpresas, são dois os times que encabeçam a lista de emblemas vencedores no Maranhão: Sampaio Corrêa e Moto Club.

 

Emblemas mais titulados

Os rivais Sampaio Corrêa e Moto Club são os emblemas mais titulados do Estado do Maranhão. O “Tubarão”, fundado em 1923, viria a conquistar seu primeiro título Estadual no ano de 1933, isso depois de ter sido “vice” tanto em 1926 quanto em 1927. A partir daí, arrancou para uma série de triunfos que, nos dias que correm, lhe permite ostentar o estatuto de maior campeão do Maranhão. Ao todo, o Sampaio Corrêa leva 33 títulos de campeão Estadual em seu currículo, o último deles conquistado em 2017. Para além disso, é também o time que mais vezes saiu derrotado em decisões do Estadual (28). A melhor sequência de sempre do Sampaio Corrêa em conquistados Estaduais aconteceu nos anos 80, quando se sagrou pentacampeão em 1984 e 1988.

No segundo lugar da lista de emblemas mais titulados do Estado surge o Moto Club, emblema campeão em título e que já venceu a competição em 26 ocasiões. Fundado em 1937, o primeiro sucesso do “Papão do Norte” surgiu mais tarde que o do rival Sampaio Corrêa, como é natural. Corria o ano de 1944 quando o Moto Club subiu pela primeira vez ao trono do futebol do Maranhão, dando início a uma série histórica que valeu o heptacampeonato 1944-1950. A situação não voltaria a repetir-se até aos dias que correm.

O Maranhão Atlético Clube é terceiro no hall of fame do Estadual, com 14 edições do troféu conquistadas e 18 finais perdidas. O “Esquadrão Quadricolor” alcançou a final do Campeonato Maranhense pela última vez em 2013 e conquistou o troféu. Luso Brasileiro (8), Ferroviário-MA (4), Tupan (3), Imperatriz (2), Babacal, Football Atheltic, Fênix, Vasco da Gama-MA, Sírio, Vitória do Mar e JV Lideral são os restantes emblemas que já venceram a competição em pelo menos uma ocasião. Na edição do Campeonato Maranhense, a possibilidade de um outsider conseguir vencer a prova merece elevada cotação e vamos ver as chances que eles têm nas casas de apostas como a Betway que disponibilizam mercados para várias provas do futebol brasileiro. Conseguirão Sampaio Corrêa e/ou Moto Club manter o domínio, ou haverá novo nome na lista de vencedores da prova?

Moto Club é o campeão em título

A edição mais recente do Estadual do Maranhão terminou com a vitória final do Moto Club, emblema que ambiciona renovar seu título no Campeonato Maranhense 2019. Depois de ter terminado a primeira fase da liderança da classificação sem derrotas sofridas, o Moto Club marcou encontro com o Maranhão nas semis e se superiorizou graças ao critério de gols na condição de visitante. Já na decisão, o Moto Club bateu o Imperatriz por um resultado agregado de quatro a dois e assegurou aquele que foi o seu 26º título de campeão Estadual.

Para lá da conquista que permitu ascender ao trono do futebol no Estado do Maranhão, o Moto Club assegurou o acesso à Copa do Brasil 2019, à Série D 2019 e à Copa do Nordeste 2019. O Imperatriz, por sua vez, vai disputar a Copa. O Babacal caiu para a segunda divisão do Estado do Maranhão ao terminar no último posto.

Maiores artilheiros

Mascote e Zé Roberto. Um do Sampaio Corrêa, outro do Moto Club. Os dois jogadores apontaram 26 gols em uma só edição do Campeonato Maranhense e desse modo estabeleceram um máximo de gols que perdura até os dias de hoje.

Mascote atuou pelo Sampaio Corrêa na década de 30 e se converteu no maior artilheiro da história da competição na edição de 1934, quando apontou 26 gols. Durval Broxado media apenas metro e meia, mas isso não o impediu de fazer história com a camisa do “Tricolor de São Pantaleão”.

Anos mais tarde, já no final da década de 80, o rival Moto Club viria a ter um artilheiro que igualaria os números de Mascote. Zé Roberto, também conhecido por “Super Zé”, demonstrou toda sua aptidão natural para o gol ao apontar 26 gols na edição de 1989 no campeonato Maranhense. Uiliam, jogador do Sampaio Corrêa, foi o artilheiro da última edição do Estadual com sete gols apontados, mais um que Ulisses (Cordino) e Val Barreto (Moto Club).

A Copa do Brasil 2019 vai ser disputada de 6 de fevereiro a 11 de setembro, ao passo que a Copa do Nordeste vai decorrer até o mês de abril.