Sergio Frota esclarece sobre suposta denúncia relacionada à arbitragem

O Portal Correio da Paraíba publicou uma matéria, na semana passada, denunciando Manipulação de resultados no Campeonato Paraibano. São citadas escolhas de árbitros por parte de dirigentes, armações pagas e até ameaças de morte.

Em determinado momento da reportagem, meu nome é citado por supostamente estar em conluio com Zezinho, presidente do Botafogo/PB, para articular sobre a arbitragem do jogo entre Botafogo e Altos-PI, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

Antes de mais nada, coloco-me à disposição para qualquer tipo de esclarecimento, pois, em 11 anos como dirigente esportivo, jamais ousei atravessar a linha ética que extrapole os limites das quatro linhas. Convenhamos, na conjuntura proposta na publicação, o Sampaio não teria ficado fora de uma semifinal de Campeonato Maranhense, se eu tivesse realmente a intenção de corromper a arbitragem. É só lembrar que tivemos um pênalti claro contra o Cordino, não assinalado, em uma partida de vida ou morte para  nossa equipe na competição, assim como no jogo anterior diante do MAC.

Conversei com o Zezinho, assim como converso diariamente com diversos dirigentes do Nordeste, e do Brasil, mas jamais para tratar sobre questões espúrias. Trata-se de colocações totalmente descabidas e que me causam enorme estranheza.

Reitero: coloco-me à disposição de quem quer que seja para qualquer tipo de esclarecimento, e ratifico: não compactuo e jamais compactuarei com qualquer prática antidesportiva que comprometa um resultado dentro de campo. Sou um entusiasta do esporte e adepto da ética e da moralidade esportiva. Minha história como presidente do Sampaio Corrêa, há 11 anos, fala por si.

Atenciosamente

Sergio Frota
Presidente do Sampaio Corrêa F. C.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.