Projeto social dá oportunidade a jovens no futebol no município de São Mateus

‘Meu sonho é ser jogador de futebol’. No país que consagrou para o mundo Pelé, Ronaldo, Neymar, entre outros craques dos gramados, esse é o desejo de um a cada três garotos. Mas quando se tem um projeto que ajuda esse sonho para quem sabe um dia se tornar realidade e o principal: utiliza o esporte e a educação para formar cidadãos do bem, a ação se torna completa. E esse é o objetivo do ‘Formando Atletas, Criando Cidadãos’, projeto incentivado pelo Governo do Estado do Maranhão e Cemar,  que lança a sua 2ª edição de ações, nesta sexta-feira (21), no estádio Pinheirão, no município de São Mateus.

Nessa primeira etapa do projeto, serão beneficiadas 90 crianças e jovens, entre 9 a 17 anos, de São Mateus. As aulas acontecem durante três vezes na semana no estádio Pinheirão.  E o projeto ainda gera emprego e renda, pois as aulas são ministradas por profissionais do próprio município entre professores e monitores de educação física, além de  pedagogos, nutricionistas e assistente social que darão suporte  aos alunos da escolinha.

“A 1ª edição do projeto foi um sucesso. Foram mais de 120 crianças atendidas, além dos empregos que o projeto gerou, porque os monitores e professores são todos da região. Inclusive, alguns monitores estão cursando Educação Física com o salário que recebem  do projeto. Outro ponto de destaque é que o projeto melhorou a frequência escolar e os indicadores do IDEB (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica) no município. Fato constatado pela própria Prefeitura de São Mateus”, afirma Mauro Santos, da MC Sport, coordenador do projeto.

Para participar do projeto, os alunos precisam estar matriculados em escolas da rede de ensino público, e precisam ter 80% de frequência e aproveitamento escolar.  Os pais juntos com alunos assinam um termo de compromisso ao receber o material.

A dona de casa, Doraci Silva, conta que já renovou a matrícula do neto para esse ano. “Ano passado meu neto, Ivanilson, de 13 anos, não perdia uma aula. É muito  gratificante esse projeto que ajudou muito o desenvolvimento dele na escola. Até porque a gente cobra. Ele só vai para o projeto se tiver boas notas na escola, por isso ele se esforça bastante no colégio”, disse Doraci.

O projeto ‘Formando Atletas, criando Cidadãos’ foi elaborado e executado pela Acesso Administração e Freelance Produções, com o patrocínio do Governo do Estado do Maranhão e da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.