SÉRIE B: Sampaio leva susto, mas mantém favoristismo e entra no G4

Um dos trunfos do Sampaio Corrêa em todas as competições é o mando de campo. Em casa, o aproveitamento do Tricolor é sempre bom e se transforma em um terror para os adversários. Mas, nesta terça-feira, foi diferente. O time maranhense venceu o Mogi Mirim por 3 a 1, pela 22ª rodada daSérie B do Campeonato Brasileiro, e entrou no G4.

Com a vitória, o Sampaio Corrêa chegou aos 38 pontos e à terceira posição, na cola do líder. Por outro lado, o Mogi Mirim caiu para a última colocação e continua com apenas 18 pontos conquistados.

O JOGO

Desde o início o Sampaio começou pressionando o time do Mogi Mirim. Logo no primeiro minuto, os donos da casa assustaram o goleiro Daniel. Após bola cruzada na área, Paulão conseguiu afastar e colocou a bola para linha de fundo antes que o atacante maranhense conseguisse chegar na bola.

Aos dez minutos, Pimentinha rolou para Daniel, que cruzou na medida para Diones. O volante conseguiu concluir de cabeça, mas a bola foi para fora.

O Mogi Mirim não conseguia criar, enquanto o Sampaio seguia na pressão e levava perigo à meta adversária constantemente. Aos 19 minutos, Pimentinha levou a bola para linha de fundo e cruzou para Edgar, que cabeceou com perigo. A bola passou com perigo à direita do gol de Daniel.

Com mais volume de jogo e apoio da torcida, o Sampaio chegou ao gol ainda no primeiro tempo. Após tantas chances desperdiçadas, o Tricolor finalmente abriu o placar aos 29 minutos. Pimentinha recebeu belo lançamento de Edgar, Dieguinho tropeçou e não conseguiu afastar, e o atacante maranhense ficou livre para tocar de cobertura por cima de Daniel e marcar um belo gol.

Com o gol sofrido, o Mogi Mirim ‘acordou’ em campo e respondeu aos 38 minutos. Memo arriscou de longe e bola explodiu na trave. No rebote, Ortigoz chutou mal e mandou para fora.

O Mogi Mirim ainda tentou ensaiar uma pressão na reta final da primeira etapa, mas não obteve êxito nas conclusões das jogadas.

QUE SUSTO, TRICOLOR!

Na volta do intervalo, o Mogi Mirim voltou mais aceso, enquanto o Sampaio estava irreconhecível em relação ao primeiro tempo. O Sapo começou a pressionar e ficava mais no campo de ataque do adversário.

O time paulista chegou ao empate aos 18 minutos. Após cobrança de escanteio, Matheus Ortigoza desviou na primeira trave e deixou tudo igual no Maranhão.

Após o gol, o Mogi Mirim seguiu melhor em campo durante alguns minutos e chegou a mandar outra bola na trave. Aos 26 minutos, Luiz Fernando girou em cima da marcação e chutou. A bola explodiu no poste.

Com as chances desperdiçadas pelo adversário, o Sampaio ganhou força e voltou a crescer na partida. Foi o suficiente para matar o jogo. Aos 32 minutos, Pimentinha cruzou pelo lado direito e Diones cabeceou, mas Daniel conseguiu fazer a defesa. No rebote, Jheimy completou para o fundo da rede do Sapo.

O Mogi Mirim ainda tentou pressionar na reta final para empatar de novo, mas o Sampaio Corrêa segurou bem a marcação e, de quebra, fez o terceiro para matar o jogo. Aos 44 minutos, Jheimy recebeu cruzamento de Raí e mergulhou para dar números finais à partida.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, o Sampaio Corrêa visita o Náutico, sexta-feira, às 19h, na Arena Pernambuco. Já o Mogi Mirim recebe o Oeste no Romildo Ferreira, no mesmo dia e horário.

 

 

Fonte: Futebol Interior