Sampaio e Santa Cruz iniciam decisão da Série C

006Com a promessa de 40 mil pessoas nas arquibancadas, Sampaio Corrêa e Santa Cruz começam a definir, neste domingo, o título do Campeonato Brasileiro da Série C. O primeiro duelo acontece, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Castelão, em São Luís (MA).

O confronto, de 180 minutos, foi apelidado de “jogo dos 100 mil”. Isso porque, os times têm as duas melhores médias de público da competição. E, caso lotem seus estádios, cerca de 100 mil pessoas podem ter acompanhado as finais. Número pouco visto nas divisões inferiores do Nacional. Além dos finalistas, Vila Nova e Luverdense garantiram o acesso para a Série B em 2014.

O confronto de volta está marcado para o dia 1.º de dezembro, no Estádio do Arruda, em Recife. O regulamento nesta fase é igual o das anteriores. Ou seja, o time que somar mais pontos ficará com o título. E o gol fora de casa tem grande importância, parecido com o da Copa do Brasil.

Sampaio não divulga o time
Cotado para ser o substituto do atacante Leandro Kível (suspenso), no jogo contra o Santa Cruz, o atacante Célio Codó passou a ser dúvida, por ter sentido uma fisgada no músculo posterior da coxa direita, nos instantes finais do coletivo da última quarta-feira, no Estádio Castelão, em São Luís.

Ele saiu do ensaio se queixando de desconforto muscular, e iniciou o tratamento com o fisioterapeuta Marcos Riccelli. Ontem à tarde, o atleta deu voltas ao redor do campo e nada sentiu.

“É um bom sinal, mas correr é uma coisa mais leve, enquanto que treinar com bola é mais pesado. Vamos fazer um exame de imagem e um teste de campo na manhã desta sexta-feira para fazer um diagnóstico definitivo para saber se podemos ou não liberar Codó para o jogo”, comentou Riccelli.

No treino coletivo/tático, na sexta à tarde, Júnior Chicão treinou o tempo inteiro como centroavante de referência na equipe titular. Mas, o técnico Flávio Araújo não confirmou a escalação. “Para a posição, contamos com Célio Codó, caso este seja liberado, também com Chicão, Bruno Chocolate e até com o garoto Anderson, que estão treinando bem. Poderemos escalar qualquer um deles”, disse o treinador.

Santa Cruz também faz mistério
A vaga para o Campeonato Brasileiro da Série B foi assegurada, mas o Santa Cruz não esconde a importância da conquista do título da Série C. Com relação a isso, o técnico Vica promete mistério total na escalação do time, que enfrentará o Sampaio Corrêa na decisão.

O treinador não deu muitas discas de quais jogadores entrarão e campo, mas garantiu que o meia Natan está fora de combate. Por outro lado, Vica ganhou dois reforços importantes, mas não confirmou ambos na equipe titular. Siloé e Luciano Sorriso foram relacionados para a partida.

“Dificultar o repasse de informações ao adversário é válido. Eu estou tendo a mesma dificuldade que estou impondo a eles. A gente sabe de alguns problemas lá para a definição da equipe e por isso é bom dar uma segurada na escalação. Mas as equipes sabem a maneira como jogam e essa estratégia fica para evitar passar um detalhe ou outro. A nossa expectativa é de fazer um grande jogo e tentar surpreender”, afirmou o treinador.

A intenção de Vica é provar que o Santa Cruz é um time grande e para isso precisa estar no cenário nacional. O título da Série C, seria o primeiro conquistado pelo Coral em toda a sua história. Segundo o treinador, o título terá que ser valorizado, pois não será só importante para o clube, mas sim para todos os envolvidos.

“Ter o título vale muito. Deve ser valorizado, independentemente da questão da divisão a qual pertence. A história de todo clube grande começa por títulos. Vamos jogar para ganhar e valorizar bastante isso daí. O clube tem um potencial a nível nacional e o título de um Campeonato Brasileiro vai acentuar isso e valorizar muito o Santa Cruz”, concluiu.

 

Fonte: Futebol Interior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.