Prefeitura vai apoiar atleta de judô no campeonato mundial em El Salvador

Visita_Campea_Sub20_Judo_Ariele_240913_Foto_MauricioAlexandre (7)A atleta Adrielly Santos, 13 anos, ganhadora da medalha de ouro na categoria leve do Campeonato Brasileiro Sub-15 de Judô, realizado em Porto Velho (RO), no fim de semana passado, vai receber apoio da Prefeitura de São Luís para participar do Campeonato Mundial da modalidade esportiva, em El Salvador, no mês de novembro. O compromisso foi firmado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior durante encontro com a atleta nesta terça-feira (24), na sede da Prefeitura.

Moradora do bairro do João Paulo, a judoca faz parte do grupo de atletas do Projeto Movimento e Resgate, mantido pela Prefeitura de São Luís. O projeto é desenvolvido na Academia Hippon, no bairro a Alemanha, onde são oferecidos treinamento em todas as modalidades de esportes. Embora esteja funcionando há oito anos, somente este ano o projeto recebeu o material esportivo necessário. Mais de 70 crianças são atendidas pelo projeto.

“Essa atleta é um bom exemplo de que vale a pena investir em nossas crianças e adolescentes. De origem humilde, Adrielly vem treinando há sete anos na escolinha da Semdel, embora durante parte deste tempo não teve o material adequado. Ela é um exemplo bem sucedido e que vai se integrar ao restante do país”, comemorou o secretário de Desporto e Lazer, Raimundo Penha.

No mês passado, a Secretaria de Desporto e Lazer (Semdel) fez a entrega de material esportivo para 68 escolinhas de esportes nos núcleos reativados na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. As escolinhas atendem crianças da idade entre 10 e 17 anos.  Nas escolinhas o instrutor é custeado pela Prefeitura.

Dentre as escolas que receberam material está a Associação Hippon. A Semdel entregou jogos de quimonos que vão contribuir para ampliar o quadro de atletas e equipar o já existente de maneira mais adequada.

“Foi importante conquistar essa medalha. Venho treinando há muito tempo. No ano passado fui vice-campeã brasileira. Esse ano sabia que tinha capacidade de conquistar e treinei mais ainda. O apoio da Prefeitura nos deixa mais aliviados para não ficar sempre correndo atrás”, destacou a atleta Adrielly Santos.

Para o agente de esporte Mário Teixeira, a conquista do título pela judoca Adrielly Santos é importante pelo pioneirismo no estado no gênero e faixa etária. “Isso é para a gente ver que um projeto de inclusão social em que as crianças lutam para conseguir seus objetivos é muito importante. Principalmente quando observamos uma sinalização forte da Prefeitura em dar apoio aos jovens esportistas”, reiterou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.