Sérgio Frota pede ao presidente da FMF que exija explicações da CBF sobre indicação de assistente

20130718213042_279O Sampaio Corrêa estranhou o fato de a Comissão de Arbitragem da CBF ter escalado o árbitro João Jacome, da Federação do Acre, para ser o assistente 2 do seu jogo contra o Rio Branco, domingo, no Estádio Arena da Floresta, na cidade de Rio Branco, pela Série C do Campeonato Brasileiro. 
O Sampaio não ficou calado. O presidente da FMF, Antônio Américo Gonçalves, foi acionado para pedir, em nome do Sampaio, as explicações da CBF, sobre a escalação de um bandeinha do Acre para trabalhar no jogo Rio Branco x Sampaio.

O presidente Sérgio Frota está desconfiado, pois essa a primeira vez que um assistente da Federação da equipe mandante é escalado trabalhar em jogo da Série C. “Não tem sentido isso, pois, em todos os jogos antes, o trio principal foi sempre neutro. Tem sido assim nos jogos Sampaio e nos outros. Já estamos sabendo que, para o jogo do Rio Branco diante do CRB, logo em seguida ao do Sampaio, também está escalado um bandeirinha do Acre para trabalhar na partida. Isso é muito suspeito e o Sampaio não aceita calado, ainda mais pelo fato do Rio Branco ser o lanterna do grupo”, reclamou o dirigente do Tricolor. 

Frota foi mais além dizendo que o Sampaio, se a CBF não tiver uma boa justificativa, daqui para frente, vai querer que os assistentes dos jogos do Sampaio em São Luís também sejam da FMF.

João Jacome, o assistente 2 do jogo de domingo, é árbitro do quadro nacional desde 1999. Este ano, foi assistente 1 no jogo Mixto 1 x 0 Aparecidense, pela Série D, e trabalhou na partida Ji-Paraná 0 x 1 América, pelo Campeonato Estadual. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.