Sampaio goleia o Brasiliense no estádio Castelão e lidera o Grupo A

DSC_0103Empurrado por mais de 8 mil torcedores que foram ao estádio Castelão, o Sampaio não teve dificuldade para golear o Brasiliense (DF), em partida válida pela primeira rodada do Grupo A da fase classificatória da Série C do Campeonato Brasileiro. Na reestreia do treinador Flávio Araújo, o Tricolor goleou o Jacaré por 5 x 1 na noite de ontem.

Mimica, Tiago Cavalcanti (2), Pimentinha e Edgar marcaram para o Sampaio e Baiano fez o gol do Brasiliense. Com o resultado, o Tricolor assumiu a liderança do Grupo A, superando o Fortaleza (CE), que goleou o Baraúnas (RN) por 4 x 1. Já o Brasiliense é o lanterna . A primeira rodada da chave A será completada com o jogo Cuiabá x Treze (PB), quarta-feira, às 16h, no Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá (MS).

O Sampaio volta a campo pela Série C contra o Treze, sábado, às 19h, no Amigão, em Campina Grande. O Brasiliense joga no mesmo dia às 17h, contra o Baraúnas (RN) na Boca do Jacaré, em Brasília.

O jogo – Os primeiros instantes da etapa inicial foram tensos e contaram com disputa equilibrada no meio de campo. As equipes trocaram lances faltosos e se revezavam nas investidas. Porém, não tardou para que o Brasiliense, num lance de contra-ataque, conseguiu uma bola parada perto da grande área. Aos seis minutos, Baiano cobrou falta com precisão e abriu o placar: 1 x 0.

Quando conseguia a posse de bola, o Sampaio era mais produtivo que o Brasiliense, mas pecava nas finalizações com Célio Codó, que teve muita dificuldade para se livrar da marcação adversária. Com a vantagem no placar, o Jacaré era lento na saída de bola e os muitos erros de passe ao longo da partida não ajudavam. A defesa tricolor não sofreu grandes sustos, porque os visitantes partiram para jogadas individuais, que não eram muito criativas.

Tricolor se impõe – A volta para o segundo tempo consolidou a superioridade tricolor na partida. O técnico Flávio Araújo, observando que Célio Codó não conseguia se livrar dos marcadores, o substituiu por Tiago Cavalcanti. Mesmo com algumas alterações – Laércio por Giso e Hudson por Peninha -, o time do técnico Márcio Fernandes não se livrou do péssimo desempenho. O Brasiliense conseguiu chegar à área defendida por Rodrigo Ramos, porém pecou nas finalizações e no último passe.

Logo aos seis minutos do segundo tempo, o zagueiro Mimica aproveitou uma bola rebatida dentro da grande área do Brasiliense e empatou a partida: 1 x 1. Após achar o caminho do gol, o time tricolor passou a sufocar o adversário e Tiago Cavalcanti aos 21 minutos colocou o Sampaio na frente no placar: 2 x 1.

Aproveitando a “presa” fácil e que pouco reagia, o Sampaio deu início a goleada com Pimentinha na base da velocidade aos 21 do segundo tempo: 2 x 1.

O filho de Romário, Romarinho, ainda entrou no segundo tempo para tentar uma reação, mas de nada adiantou, porque foi bem marcado e pouco produziu em campo.

Destaque na partida, Pimentinha foi substituído na etapa final por Edgar, que continuou empregando velocidade ao ataque tricolor e aos 36 minutos da etapa final numa jogada contra-ataque fez oi quarto do Tricolor na partida: 4 x 1. E Tiago Cavalcanti selou a goleada aos 41 minutos. Bem posicionado, ele recebeu dentro da área e marcou seu segundo gol e deu números finais à partida com a goleada tricolor sobre o Brasiliense por 5 x 1 para a alegria dos 8.211 torcedores que foram ao Castelão, mesmo com o jogo sendo transmitido pela TV .

 

Fonte: O Estado do Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.